Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
autoconsciência
Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida

Não sou eu o Corpo, mas a Alma que grita, sedenta de sede, para o desabrochar no amanhã.


Biografia:
Sou uma pessoa muita das vezes solitária, mas a minha solidão  é daquela por opção, descomprometida, que observa sem discutir, sem julgar.  Cultivo sempre que posso uma postura reflexão e meditação, buscando em mim virtude. Sem memorias conflitantes do passado, nem desespero pelo futuro, gerando  sempre energia e coragem no enfrentamento  das turbulências do dia a dia. Assim Sou Eu, Calmo, Suave e Tranquilo.
Número de vezes que este texto foi lido: 53143


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Uma visão romântica da morte Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Frases Fique Atento Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Poesias ⁠O Amor entre dois Corpos Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Poesias O Poeta não morre Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Poesias O verdadeiro amor Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Frases O Homem a Caminho de sua própria realidade Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Frases Conhecimento Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Frases Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Frases Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida
Frases Admilson Nascimento Santana, O Poeta da Vida

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 27.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
1 centavo - Roni Fernandes 54795 Visitas
O TEMPO QUE MOVE A ALMA - Leonardo de Souza Dutra 54791 Visitas
frase 935 - Anderson C. D. de Oliveira 54651 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 54550 Visitas
Amores! - 54513 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 54502 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 54495 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 54451 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 54402 Visitas
PARA ONDE FORAM OS ESPÍRITOS DOS DINOSSAUROS? - Henrique Pompilio de Araujo 54381 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última