Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O MILIONÁRIO E O MENDIGO
Saulo Piva Romero

HOUVE UM TEMPO EM QUE UM MENDIGO SE SENTAVA NA CALÇADA DE UMA RUA POR ONDE PASSAVAM MUITAS PESSOAS. JANUÁRIO SEMPRE COLOCAVA UMA CANEQUNINHA PARA QUE AS PESSOAS COLOCASSEM ALGUMAS MOEDAS PARA QUE NA HORA DA FOME, ELE PUDESSE COMPRAR UM COPO DE LEITE E UM PÃO COM MANTEIGA. ELE VIVIA DIZENDO QUE ERA FELIZ. ELE ERA UM HOMEM DE SORTE PORQUE SE ACHAVA MUITO BONITO E MUITO IMPORTANTE, POIS TINHA UMA BELA RESIDÊNCIA, VIVIA CONFORTAVELMENTE E ERA SAUDÁVEL E BEM HUMORADO. ALGUMAS PESSOAS QUE PASSAVAM O OLHAVAM COM DESCONFIANÇA, OUTRAS ACHAVAM QUE ELE ERA LOUCO E OUTRAS LHE DAVAM DINHEIRO POR CARIDADE. TODAS AS NOITES ANTES DE DORMIR, ELE CONTAVA O DINHEIRO DADO PELAS PESSOAS E NOTAVA QUE A CADA DIA A QUANTIA ARRECADADA ERA MAIOR. PASSADOS ALGUNS DIAS ACONTECEU ALGO INESPERADO QUE IRIA MUDAR DEFINITIVAMENTE A VIDA DAQUELE MENDIGO. CERTO DIA, UM HOMEM MUITO IMPORTANTE QUE JÁ O OBSERVAVA A MUITO TEMPO SE APROXIMOU DELE. ESSE HOMEM ERA APARÍCIO, UM MILIONÁRIO COM MUITAS PROPRIEDADES E MUITO DINHEIRO. ELE ERA DONO DE UMA DAS MAIORES REDES DE SUPERMERCADO DO PAÍS. - BOM DIA! VOCÊ É MUITO CRIATIVO! VOCÊ GOSTARIA DE COLABORAR NUMA CAMPANHA DO MEU SUPERMERCADO? -VAMOS LÁ… RESPONDEU O MENDIGO. ENTÃO, O MILIONÁRIO COMPROU ROUPAS NOVAS PARA O MENDIGO E O LEVOU ATÉ A SUA MANSÃO PARA QUE ELE TOMASSE UM BANHO. DEPOIS DE TOMAR UM BANHO GOSTOSO E VESTIR ROUPAS NOVAS. APARÍCIO, O MILIONÁRIO LEVOU JANUÁRIO, O MENDIGO PARA O SEU SUPERMERCADO. ASSIM DESSE DIA EM DIANTE A VIDA DAQUELE MENDIGO QUE ENCARAVA A SUA SITUAÇÃO COM BOM HUMOR E ALEGRIA VIU ACONTECER UMA SEQUÊNCIA DE VITÓRIAS NA SUA SOFRIDA E DOLOROSA CAMINHADA. ENTÃO EM UM CURTO ESPAÇO DE TEMPO, JANUÁRIO TORNOU-SE SÓCIO DE APARÍCIO NO SUPERMERCADO. AS PESSOAS QUE PASSAVAM NAQUELA CALÇADA ONDE ELE FICAVA SENTADO JAMAIS IMAGINARIAM QUE ELE CONSEGUIRIA DEIXAR DE SER UM MENDIGO E SE TORNAR UM DONO DE SUPERMERCADO. E QUANDO ALGUMAS DAQUELAS PESSOAS O RECONHECIAM NA RUA, ELAS CURIOSAS PERGUNTAVAM PARA ELE COMO ELE CONSEGUIDO DEIXAR DE SER UM MENDIGO E SE TORNAR DONO DE UMA DAS MAIORES REDES DE SUPERMERCADO DESSE PAÍS. E ELE CONTAVA QUE NA ÉPOCA EM QUE COSTUMAVA SENTAR NAS CALÇADAS QUE DIZIA: – SOU UM HOMEM FRACASSADO E MALTRATADO PELA VIDA! NÃO CONSIGO UM MÍSERO EMPREGO QUE ME RENDA ALGUNS TROCADOS! MAS CONSIGO SOBREVIVER! AÍ QUE AS COISAS COMEÇARAM A IREM DE MAL A PIOR PARA ELE. ENTÃO EM CERTA NOITE, ELE ENCONTROU UM LIVRO E VIU NELE UMA FRASE QUE DIZIA: “TUDO QUE VOCÊ FALA A SEU RESPEITO VAI CRIANDO FORMA E POR PIOR QUE ESTEJA A SUA VIDA, DIGA QUE TUDO VAI BEM. POR MAIS POBRE QUE SEJA VOCÊ, DIGA A SI MESMO E AOS OUTROS QUE VOCÊ É PRÓSPERO. ESSAS PALAVRAS TOCARAM FUNDO NO CORAÇÃO DELE E ELE PAROU DE FALAR PALAVRAS DE MALDIÇÃO E COMEÇOU DIZER PALAVRAS DE BENÇÃO. ENTÃO, TUDO COMEÇOU A MUDAR, A VIDA LHE TROUXERA A PESSOA CERTA PARA TUDO O QUE ELE NECESSITAVA. ATÉ QUE UM DIA, ELE HAVIA CHEGADO NA SITUAÇÃO CONFORTÁVEL EM QUE VIVE HOJE. JANUÁRIO TEVE APENAS QUE ENTENDER QUE AS PALAVRAS DITAS TÊM UMA FORÇA MUITO PODEROSA, POIS, ELA PODE FAZER COM QUE VOCÊ POSSA CONSEGUIR MUITO SUCESSO, MAS TAMBÉM PODE LEVAR VOCÊ AO FUNDO DO POÇO. POIS, A PALAVRA SOPRADA NO UNIVERSO FAZ COM QUE NOSSOS DESEJOS SE REALIZEM. O UNIVERSO SEMPRE APOIARÁ TUDO O QUE DISSERMOS, ESCREVERMOS OU PENSARMOS A NOSSO RESPEITO E ISSO ACABARÁ SE MANIFESTANDO EM NOSSA VIDA COMO REALIDADE… ENTÃO, DEPOIS QUE ELE CONTOU SUA HISTÓRIA DE VIDA, AS PESSOAS AINDA NÃO HAVIAM SE CONVENCIDO DE QUE ELE HAVIA SE TORNADO UM MILIONÁRIO DO DIA PARA A NOITE, ENTÃO, ELAS COM MUITA INVEJA DO MENDIGO QUE VIROU MILIONÁRIO POR SIMPLESMENTE ACREDITAR NA FORÇAS DAS PALAVRAS, FIZERAM-LHE OUTRA PERGUNTA. - O SENHOR ESTÁ QUERENDO DIZER QUE ALGUMAS PALAVRAS ESCRITAS NUM LIVRO MODIFICARAM A SUA VIDA? E O NOVO MILIONÁRIO RESPONDEU: – CLARO QUE NÃO! PRIMEIRO EU TIVE QUE ACREDITAR NELAS!… SÓ DEPOIS QUE ISSO ACONTECEU É QUE O UNIVERSO PASSOU A ME DAR TUDO O QUE EU CONQUISTEI NA MINHA VIDA.



Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 397


Outros títulos do mesmo autor

Contos O CORVO E O ESPANTALHO Saulo Piva Romero
Contos CROCO, O CROCODILO CHORÃO Saulo Piva Romero
Contos A OVELHA PERDIDA Saulo Piva Romero
Contos A JARRA PARTIDA Saulo Piva Romero
Contos A CORAGEM DE PANTALEÃO Saulo Piva Romero
Contos AS AVENTURAS DO SUPERSABÃO Saulo Piva Romero
Contos A BRUXA DE CAXINGÓ Saulo Piva Romero

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 221 até 227 de um total de 227.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
CESSOU O DESENCANTO - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
Anamnese - Flora Fernweh 0 Visitas
Re(sem)volta - Flora Fernweh 0 Visitas
Discurso politicamente correto - Flora Fernweh 0 Visitas
Os desafios omitidos pelas películas - Flora Fernweh 0 Visitas
Cercar - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior