Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A cidade em palavrório
Caliel Alves dos Santos

Resumo:
O terceiro livro do memorialista Pedro Marcelino.

Pedro Marcelino é um artesão das palavras que encontra na língua popular matéria-prima para os seus escritos, e no fim, essa é a única linguagem que a gente entende. O que o povo cria, nosso memorialista sintetiza e cria-o de novo. Em seu terceiro livro Palavrório e cidade, pulicado pela soteropolitana Cogito Editora em 2022, acerta a mão mais uma vez num livro ainda mais prazeroso que seus antecessores.
O memorialista, diferente do historiador tem algumas vantagens: pode ser saudoso. Mesmo não vivendo ou conhecendo metade do que o autor viveu, senti saudade dessa Alagoinhas que eu não vivi, e das pessoas que não conheci. Caminhei pelas memórias de Pedro Marcelino e não vi nenhuma rua sem saída. Alagoinhas pujante em suas ruas e personagens excêntricos.
Essa urbe de coração GG, que a todos recebe e ama como um filho, tem um corpo extenso de afetividades, toponímias e pessoas. A cidade não é um lugar, é uma experiência que envolve os sentidos, os gestos, os hábitos, as relações sociais, econômicas, culturais e políticas. Na Alagoinhas memorial de Pedro, tudo resistiu ao tempo, e ganhou as cores do passar dos anos.
E o palavrório? Vocabulário popular, informal, nascido do cotidiano, formado na inventividade das massas. É o jorrar do saber dos mais velhos, a piada do barzinho após algumas geladas, o jargão do comerciante à moda Praça é Nossa. A palavra que perdura, a tudo significa e valida. Que confere lugar e poder, e quão brilhante é Pedro Marcelino por dominá-la tão bem.
Se a cidade é um corpo, o povo é o sangue que corre por suas artérias urbanas, seja ela de terra batida ou asfalto mormacento. Ela tem vida porque fala, e por muitas vozes. Bendita a boca que fala pela cidade, e louvada a cidade que tem o privilégio de falar por Pedro Marcelino. Sua tamanha sensibilidade na escrita permite a qualquer um/a caminhar pela Alagoinhas do século XX.
O livro tem mais de 200 págs. em papel offset. Conta com orelhas contando a biografia do autor. Prefácio a cargo de Mabel Velloso, comentários de Juliana Silva, Marcelo Torres e Edil Silva. São mais de 70 textos entre crônicas e poemas. Para os que quiserem adquirir, custa R$ 40,00 e poderão comprar no Bar Gota D’Água, perto ao Terminal Coletivo de Alagoinhas; CASPAL, Mercado do Artesão, Alagoinhas-Centro; e no Boteco do Tião e o Vila D’Alagoinhas, na Cavada.

Para manter contato com o autor:

https://www.facebook.com/people/Pedro-Marcelino-II/100076590336011/
https://www.instagram.com/pedromarcelino65/

Para mais informações sobre a editora, acesse:

https://www.instagram.com/p/CdjTSbVgYaB/


Biografia:
Caliel Alves nasceu em Araçás/BA. Desde jovem se aventurou no mundo dos quadrinhos e mangás. Adora animes e coleciona quadrinhos nacionais de autores independentes. Começou escrevendo poemas e crônicas no Ensino Médio. Já escreveu contos, noveletas, resenhas e artigos publicados em plataformas na internet e em algumas revistas literárias. Desde 2019 vem participando de várias antologias como Leyendas mexicanas (Dark Books) e Insólito (Cavalo Café). Publicou o livro de poemas Poesias crocantes em e-book na Amazon.
Número de vezes que este texto foi lido: 53214


Outros títulos do mesmo autor

Resenhas ZAGENIA – DEGUSTAÇÃO Caliel Alves dos Santos
Contos (RE)FABULOSO Caliel Alves dos Santos
Contos O NEFALISTA Caliel Alves dos Santos
Artigos QUEM QUER SER UM CAMPIONE? Caliel Alves dos Santos
Resenhas SINESTESIA MONOCROMÁTICA Caliel Alves dos Santos
Poesias CAPITÃES DO MATO DO SÉC. 21 Caliel Alves dos Santos
Poesias SEX APPEAL Caliel Alves dos Santos
Resenhas UNIVERSO IMAGÍSTICO – DEGUSTAÇÃO Caliel Alves dos Santos
Artigos DOSSIÊ – COMO PROMOVER E PUBLICAR MANGÁS NO BRASIL Caliel Alves dos Santos

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 131 até 139 de um total de 139.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
🔵 Está todo mundo preso - Rafael da Silva Claro 30 Visitas
🔴 Arquivos X - Rafael da Silva Claro 25 Visitas
Vem aí o novo Ubuntu 24.04 LTS - Vander Roberto 23 Visitas
O caso Jia Tan (Backdoor) - Vander Roberto 3 Visitas

Páginas: Primeira Anterior