Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Me Alegro
Maria

Foi cruel pedir para
deixar tudo assim.

No canto das sereias,
na marca do homem,
minha esperança se renova,
minha alma se abre
em luzes coloridas,
em ameixas
douradas de ouro.

Se conquistei a minha paz
e meu nome pode colorir o céu
junto aos reis que trovejam,
se sou supostamente
amada e bem-querida,
se hoje sou inesquecível,

me alegro!!

Busco a eternidade
dentro de meu destino.
Busco o amor eterno
em cada pedacinho
de sua vida debulhada
em coisas tolas e sem sentido.

Se fomos um dia...
mãos dadas,
desejo, vontade,
amor dentro de nós...

Se sonhamos um dia...

dentro de mim,
o sonho não acabou...

Número de vezes que este texto foi lido: 28529


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas O tempo do tempo Maria
Crônicas As luzes não se entendem mais! Maria
Crônicas Ser feliz sendo você! Maria
Crônicas Vozes do mundo Maria
Cartas Às estrelas do meu jardim Maria
Cartas Ao pai dos filhos meus Maria
Cartas À você que me escuta! Maria

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 1431 até 1437 de um total de 1437.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
SINGELEZA - Alexsandre Soares de Lima 3 Visitas

Páginas: Primeira Anterior