Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Adormecer de um anjo.
Mayra Alcione Musa Fonseca


Ontem meus olhos assistiram o adormecer de um anjo,
Uma cena impossível para meus olhos humanos!
Misto de paixão e ternura inundou meu ser,
Deitei-me a seu lado, devagar para não o acordar
Pus-me a admirar seu semblante,
Que problemas terão um anjo,
Mas como ser um bom anjo se não entender de problemas,
Por isso acho que o céu os coloca junto a nós,
Acho que eles se tornam humanos ao se apaixonar,
E como conseqüências sabem,
É impossível amar sem sofrer,
Enorme ternura me envolveu ao senti-lo tão vulnerável,
E comecei a beijar-lhe a face,
Lentamente e a acariciar seus cabelos,
E de repente o quarto encheu de luz,
Um feixe de luar entrou pelo quarto adentro
E seu corpo se resplandeceu, esse brilho
Transportou-nos a eras distantes, imagens tão nítidas
Quanto à realidade, que se confundiram e nossos lábios
Envolveram-se pleno na ânsia desse beijo,
Desejos incontidos, e então o amor se fez!
Ternura, paixão e desejo, sentimentos tão humanos!
A transformação se fez completa, no quarto,
Cá estamos nós eu o amor e meu anjo!




Mayra Alcione Musa


Biografia:
Nascida em 29 de setembro de 1963em Urupês, no estado de São Paulo, aos sete mudei-me para Campinas, desde o colégio apontou-se o talento para as artes, principalmente poesias e crônicas, Recebi menção honrrosa pela poesia" Cíntilar de Rosas" em 1985 pela editora shogun, tive Participação no livro"Salvados do Incêndio" 1986 pela editora codepoe Era membro da União Brasileira de trovadores UBT-Campinas, quando então presidente minha saudosa amiga e escritora "Josefina da silva carvalho " após casamento afastei-me dos movimentos literários mais nunca deixei de compor tenho vários trabalhos e gostaria de obter um espaço dentre nobres companheiros para expo-los a vossas apreciação! visitem tambem meu blog
Número de vezes que este texto foi lido: 54702


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Refúgios Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Retrato do meu Eu Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Talvez Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Meu Rei Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Sintonia de Amor Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Teu Universo Mayra Alcione Musa Fonseca
Crônicas Desenvolvimento Sustentável Mayra Alcione Musa Fonseca
Artigos Camada de Ozônio - Sinal de Alerta Mayra Alcione Musa Fonseca
Crônicas Violência Ativa Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias caça ou caçador Mayra Alcione Musa Fonseca

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 26.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 54959 Visitas
Amores! - 54851 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54831 Visitas
Desabafo - 54826 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54826 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54825 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54823 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54820 Visitas
A menina e o desenho - 54816 Visitas
Vivo com.. - 54813 Visitas

Páginas: Próxima Última