Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Ellen
Carolina Cortez

Ellen era uma garota criada por sua avó e suas tias maternas.

Perdeu a mãe com 05 anos de vida e seu pai não o conheceu.

Mas isso era apenas um detalhe para uma garotinha esperta como ela.

No entanto, apesar de sua alegria infantil,

Ellen cresceu em um ambiente hostil.

Sua avó a tratava de um jeito diferente de suas tias,

as quais, a agredia constantemente.

Depois das refeições diárias, suas tias tinham seu tempo livre,

enquanto Ellen, tinha que dar conta sozinha dos a fazeres domésticos.

Isso foi criando gotas de revolta que pingavam a cada dia em seu coração.

Porém, ela não percebeu que o Universo estava dando lhe um presente,

ou seja, estava criando lhe o senso de responsabilidade.

A partir de então, ainda adolescente, Ellen arrumou seu primeiro emprego.

Não era lá grandes coisas ,mas, já era um começo, ou seja, o começo que tinha começado na cozinha de um lugar que eu não sei se ela poderia chamar de lar.

Num dia qualquer, final de expediente, voltando para casa, a jovem deparou se com um outro presente, pegou das mãos de um distribuidor de panfletos um calendário que tinha a linguagem de Libras.

Pronto! Era mais um começo do começo.

Ela ficou encantada com esse universo mágico, pois sentia dificuldade em expressar sua revolta verbalmente. Aquilo foi um achado para ela, tendo em vista que era a única forma de fazer sobreviver a sua alma.

...E os anos se passaram e cada vez mais Ellen foi criando intimidade com essa linguagem tão bonita e silenciosa.

Já adulta, ela resolveu ser professora formada nessa especialidade.

Mediante muitas batalhas, Ellen conseguiu uma vaga em uma escola para ensinar aos seus alunos o sentido da língua Portuguesa.

Ela só não contava com um outro começo do começo....de que seus alunos estavam lhe ensinando a colocar a sua antiga revolta para fora mediante a escrita e palavras de amor.

...E de tantos começos em sua vida, a doce guerreira aprendeu que a vida é uma troca e uma troca saudável.


Biografia:
Sou Carolina e escrevo, pois isso faz bem para minha mente e alma. Tenho um blog , seu endereço é entendacomoquisercarolcortez.blogspot.com e mail:cmscortezmi@gmail.com abç
Número de vezes que este texto foi lido: 354


Outros títulos do mesmo autor

Contos Qual é o limite do amor?! Carolina Cortez
Contos Ellen Carolina Cortez
Artigos Que Natal! Carolina Cortez
Artigos Mutilação Carolina Cortez
Artigos O Cantinho Carolina Cortez
Contos Carlos Carolina Cortez
Artigos O Universo Carolina Cortez
Contos O tempo Carolina Cortez
Poesias Mel Carolina Cortez
Jurídicos Jusnaturalismo Carolina Cortez

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 21 até 30 de um total de 40.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
A menina e o desenho - 33669 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 33649 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 33596 Visitas
viramundo vai a frança - 33592 Visitas
Aspectos da Usucapião - Agatha Sthefanini Silva Ferreira 33209 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 33133 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 32770 Visitas
FIO DA ESPADA - Tércio Sthal 32523 Visitas
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 32257 Visitas
Origens da Bandeira do Brasil - Marco Antonio Cruz Filho 31984 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última