Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
La Nuit Noire
A noite escura
Vinícius Régis dos Santos

Minha jasmim,
Doce flor do viridário,
Eis o momento,
É chegada a hora e
Não tarda mais o tempo.

Vim hoje à esta festa janota,
Cheio de trapos sujos e
De alma limpa.
Estou aqui para dizer-lhe que te amo, e
Que não me basta a memória.

Estas noites em que descanso
Não fazem sentido sem o teu cordial
E edulcorado beijo.
Já me perco em minha própria amizade, e
Este silêncio que me acautela,
Ao mesmo instante me mata,
Tem sido abrigo para minha persistência
E ignorância.

Não mais!
Não mais!
Sem palavras ancestrais, lhe digo
Te amo,
Minha jasmim.

Número de vezes que este texto foi lido: 224


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Som Vinícius Régis dos Santos
Poesias Verbos Vinícius Régis dos Santos
Poesias Cinza Vinícius Régis dos Santos
Poesias La Nuit Noire Vinícius Régis dos Santos

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 14 de um total de 14.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 32765 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 32374 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 32017 Visitas
eu sei quem sou - 31884 Visitas
camaro amarelo - 31819 Visitas
sei quem sou? - 31754 Visitas
MENINA - 31664 Visitas
viramundo vai a frança - 31635 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 31615 Visitas
A menina e o desenho - 31570 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última