Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Um relógio e a ansiedade.
Patrícia Rodrigues

Eu quero que as horas me esqueçam
Que o relógio me deixe em paz
Quando eu abrir os olhos pela manhã
Nada me prenda
Que eu me renda
Ao inimaginável mundo de viver sem preocupações
Sem oscilar entre os pensamentos de viver tudo em um dia
Em fazer tudo de uma vez
Eu quero que os números parem de me fazer sofrer
O tempo está passando rápido demais
E por que? Por que eu nunca sei pra onde ir?
Eu me indago, mas no fim das contas acabo seguinte o sentido horário das coisas
Assim como o relógio.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 54698


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Um relógio e a ansiedade. Patrícia Rodrigues
Ensaios Apelo pelo amor próprio . Patrícia Rodrigues
Discursos Anseio pela liberdade. Patrícia Rodrigues

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 13 de um total de 13.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
eu sei quem sou - 54812 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54808 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54808 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54806 Visitas
🔴 Atila, o rei dos energúmenos - Rafael da Silva Claro 54806 Visitas
viramundo vai a frança - 54803 Visitas
A força do recomeço de empresários atingidos pelas enchentes - Isnar Amaral 54802 Visitas
MENINA - 54800 Visitas
sei quem sou? - 54800 Visitas
camaro amarelo - 54798 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última