Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Sonho de talhadas
Patrick Suarez

Um menino sempre nasce sonhando
Com o tempo devaneios vão mudando
Logo o rebelde se pega sonhando
Sem segurança de que sonha amando

Achando que todo sonho futuro
Será bastante melhor que de outrora
Percebe que sempre dorme no duro
Pois todo sonho depende da hora

Então pega um e divide em talhadas
De medidas muito muito apertadas
Com mente calma consegue segurar
De mansinho também pode acreditar

E vibrante amando cada talhada
Jovem senhor já não espera mais nada


Biografia:
Projetando o passado e recordando o futuro.
Número de vezes que este texto foi lido: 599


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Selfie escrita Patrick Suarez
Poesias Serena imersão Patrick Suarez
Poesias Algemado num sonho Patrick Suarez
Poesias Um perdedor nato Patrick Suarez
Contos Déjà-vu do amor Patrick Suarez
Contos O pernilongo que posava de refém Patrick Suarez
Sonetos Sonho de talhadas Patrick Suarez
Poesias O xixi da borboleta Patrick Suarez
Poesias Uma certa formiguinha Patrick Suarez
Poesias Do vazio nada restará Patrick Suarez

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 24.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
Piscianas, as mulheres mais próximas dos sentimentos. - Nandoww 50926 Visitas
CULTURA AFRICANA E SUAS INFLUÊNCIAS NA CULTURA BRASILEIRA - Ismael Monteiro 49881 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 47173 Visitas
Banco de Questões - China - Agrário Conrado 43300 Visitas
Banco de Questões - Japão - Agrário Conrado 41063 Visitas
The crow - The Wiki World - The Crow 41039 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 37756 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35246 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 35158 Visitas
AS CLÁUSULAS PÉTREAS: INALTERÁVEIS ou NÃO ? - francisco carlos de aguiar neto 33898 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última