Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Uma inspiração difundida.
Juliana Pereira Edeldo da Silva

Desculpa!
Eu preciso chorar!
Irei contar o que aconteceu...
Existiu um ano, que me encontrava em uma depressão contínua, foi esse ano que descobri meu dom da escrita, agora estou a chorar, por um amor que se foi, e o que ambos têm haver um com o outro? Eu peguei este caderno que estou a escrever nesse momento, e o abri, encontrei alguns papéis dentro dele, então comecei a lê-los, eu li uma poesia que escrevi naquela época que mencionei...

Saudades de você meu amor!

Saudades de você meu amor!
Pois não o vejo a uma semana,
Valorizo os minutos perto de ti,
E conheço a dor
De estar longe de você!
Meu coração bate forte,
Meu sangue ferve.
Ah! Que saudades de você
Meu amor!
Quero tanto lhe dizer
Que te amo,
Olhando no fundo dos seus olhos
Sinto uma calma
Quando você me abraça!
Às vezes é um desafio
Para poder lhe ver...
Pois o tempo pode até
Levar os anos,
Mas não levará você de mim!
Saudades de você meu amor...

Sim! Foi esta poesia que encontrei, não somos feitos de ferro, mas esses olhos aqui com lágrimas, representa uma luta, que vivencio a cada segundo de minha existência, ainda sinto sua presença aqui, eu olho para minha estante, e vejo nossa foto, eu olho pra todos os lugares...
E todos esses lugares me fazem lembrar você, isso é um infinito paralelo, que nele perdemos um pedaço de nosso coração ao procurarmos respostas concretas, tão concretas, que acaba quebrando esse vidro de lágrima que se forma no olho, e que se escorre pelo meu rosto (...)

Número de vezes que este texto foi lido: 28719


Outros títulos do mesmo autor

Roteiros Boa madrugada Juliana Pereira Edeldo da Silva
Poesias Feminicídio Juliana Pereira Edeldo da Silva
Discursos Aquilo que eu guardo Juliana Pereira Edeldo da Silva
Poesias Linda garota Juliana Pereira Edeldo da Silva
Cartas Mãe Juliana Pereira Edeldo da Silva
Poesias Seu doce coração: Juliana Pereira Edeldo da Silva
Poesias Uma inspiração difundida. Juliana Pereira Edeldo da Silva
Resenhas Dia 3, e o grande poeta. Juliana Pereira Edeldo da Silva
Poesias Tudo em questões de segundos. Juliana Pereira Edeldo da Silva
Resenhas Um pequeno verso da noite. Juliana Pereira Edeldo da Silva


Publicações de número 1 até 10 de um total de 10.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
TOMO TUDO - sigmar montemor 36385 Visitas
Lamento - FERNANDO 36157 Visitas
Faça alguém feliz - 35791 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 35239 Visitas
Vivo com.. - 35180 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 35106 Visitas
eu sei quem sou - 34078 Visitas
camaro amarelo - 33978 Visitas
MENINA - 33865 Visitas
sei quem sou? - 33840 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última