Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Prosa com gosto de poesia
Diogo Souza

O celular toca, não quero saber quem é
Eu estou muito ocupado fazendo tipo
Na verdade, só não quero ter a certeza
Se não for você, vou me decepcionar
Se for, eu já sei que vai me magoar
Porque comigo as coisas são assim
Dá errado com a pessoa certa
E dá certo com a pessoa errada

Então falo com quem tenho facilidade
Com doses criminosas de liberdade
Com quem o verbo desenrola
A palavra e língua enroscam
Sem pressões no discurso
Sem peso nas entrelinhas
Somente uma boa prosa com gosto de poesia

É que eu preciso de um pouco de leveza
E um pouco mais de cerveja
Pra que o presente que não seja bem-vindo
Fique no passado e de lá não retorne
Pra que tudo se torne mais lindo
Como um beijo com gosto de poesia


Diogo Souza,
17 de janeiro de 2016, 00h:38


Biografia:
Estudante de jornalismo tentando se formar, 19 anos, apaixonado por livros e música, metido a escritor e autor preguiçoso do blog "Cara do Espelho".
Número de vezes que este texto foi lido: 54835


Outros títulos do mesmo autor

Contos Se as baleias voasssem? Diogo Souza
Poesias Prosa com gosto de poesia Diogo Souza
Crônicas Talvez Amanhã Diogo Souza
Crônicas Você Diogo Souza


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Minicurso sobre a redação no ENEM - Isadora Welzel 79731 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 59549 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 55635 Visitas
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas - Vander Roberto 55456 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 55378 Visitas
QUE SE... - orivaldo grandizoli 55374 Visitas
Lançamento do livro - Alberto Kopittke 55353 Visitas
Nua, totalmente indefesa - rodrigo ribeiro 55309 Visitas
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55293 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55275 Visitas

Páginas: Próxima Última