Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
366 dias e um milhão de emoções
Bia Cantanti

O ano começou. E cá estamos nós, cada um na sua, ou em todas, cheios de planos, viagens agendadas, cursos, metas e desejos inúmeros para o ano que acabou de nascer.

O ano começou no meio do nosso tempo interno, um alarme que toca e nos diz que devemos parar para pensar, fazer planejamentos, organizar nossas prioridades. Tudo de novo, um ciclo que se inicia independentemente de nossa vontade.

O ano começou e com ele recebemos uma descarga elétrica de emoções, empacotadas em 366 dias dos quais não sabemos o que esperar. Fazemos previsões e agendamos compromissos, mas a vida faz os seus. Elaboramos calculados planejamentos, mas nossos corações não conhecem algo tão racional. Decidimos quais caminhos seguir, porém os caminhos nos escolhem.

Então, a cada dia desse ano, sentimos tantas emoções inimagináveis, inesperadas, desejadas ou indesejadas; outras, velhas conhecidas, com novos rostos, em novos discursos de personagens diversificadas.

Aparentemente, os dias desse ciclo devem ser claros e limpos, cuja história escreveremos de uma forma unicamente bela e inédita; contudo, há que se considerar o milhão de emoções envolvidas na crônica diária de nossos dias de 2012.

Há que se considerar, no meio de tantos planos e previsões, o sobressalto dessas emoções, ricas e intrínsecas na vida de cada um. Híbridas e completas, se inter-relacionam de uma maneira inequívoca, trazendo de tudo, tudo: amor, saudades, frustração, monotonia, ânimo, felicidade, tristeza, desespero, medo, confiança, esperança, compaixão, simpatia.... Escolha qual quiser: no menu destes dias, você encontrará tantas opções, que ultrapassarão suas expectativas! Não se preocupe, são poucos dias, mas você poderá experimentar todas elas, levando em consideração que cada dia é altamente preenchido por seus variados sabores e... dissabores.

Então, o ano começou. E nossas almas sonham com novas vidas e perspectivas, almejam realizações que nunca experimentaram e concretizam mentalmente acontecimentos desejados ardentemente. Porém, na agenda concorrida dessas inúmeras projeções, todos se esquecem que são 366 dias de pura emoção. De aventura e mistério, de não saber o que lhe aguarda, de andar de olhos vendados, de caminhar sem guia turístico. Esta é a vida, este é o planejamento, esta é a grande sacada. Sim, todos estamos acostumados com nossos empregos, famílias, maridos e esposas, carros e padrões de comportamento, especialmente os alheios. Mas tudo pode mudar, do dia para a noite. Estes dias e um milhão de emoções, misturadas e indissoluvelmente ligadas nos aguardam, à espreita.

Por isso, o ano começou e o contador de emoções também. É uma interessante e insana montanha russa pelos dias, pela vida, por nós mesmos. Que bom, ainda temos o pacote todo de 366 dias repletos dessa louca aventura que é sentir o turbilhão de um milhão de emoções.

Desejo-lhe um excelente turbilhão em 2012!


Biografia:
Formada em Letras, fascinada por Linguagem. Escritora iniciante, gostaria de trocar ideias com profissionais desta área pelo blog: www.muitomaisbiacantanti.blogspot.com
Número de vezes que este texto foi lido: 28512


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Louco Vocabulário Bia Cantanti
Crônicas A menina que tinha vontade Bia Cantanti
Poesias Te amo do jeito que eu sou Bia Cantanti
Poesias Explosão de sentidos Bia Cantanti

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 14 de um total de 14.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Qual é a melhor maneira de aumentar o tráfego - Antonio 3 Visitas
PARA SEMPRE - Alexsandre Soares de Lima 3 Visitas
A DOÇURA DO AMOR CORRESPONDIDO - Alexsandre Soares de Lima 3 Visitas
CASAMENTO - Alexsandre Soares de Lima 3 Visitas
Como anunciar gratuitamente? - Antonio 3 Visitas
Rouxinol - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 3 Visitas
Ser - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
O MINSTRO EM MEIO A PANDEMIA - ricardo fogaça 2 Visitas
PULA CATRACA 9 IND 16 ANOS - ricardo fogaça 2 Visitas
PULA CATRACA 8 IND 16 ANOS - ricardo fogaça 2 Visitas

Páginas: Primeira Anterior