Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O convidado
Wellington Balbo

Resumo:
O agito na família de Jorge era grande. Naquele ano ele avisara a todos os familiares sobre uma novidade. Seria um natal diferente daqueles comemorados ao longo de mais de duas décadas em sua residência.

O convidado
Wellington Balbo – Bauru SP
Artigo originalmente publicado no jornal Momento Espírita, do Centro Espírita Amor e Caridade – CEAC – Bauru.

O agito na família de Jorge era grande. Naquele ano ele avisara a todos os familiares sobre uma novidade. Seria um natal diferente daqueles comemorados ao longo de mais de duas décadas em sua residência.
As crianças, alvoroçadas com a anunciada novidade, tentavam adivinhar o que seria:
- Novos brinquedos eletrônicos, arriscou Pedrinho.
- Acho que não – discordou Isabela – essa novidade deve ser uma brincadeira que durará até raiar o dia.
- Penso que iremos fazer uma viagem bem bacana – profetizou Jorginho.
Já os adultos componentes da família também davam seus palpites. Apreciador de uma boa guloseima, Ademar tascou:
- Não adianta Jorge fazer esse suspense. Sei que essa tão propalada novidade de natal será um deguste que ele nos trará da apetitosa cozinha japonesa.
- Nada disso – afirmou categórica Mariana – a novidade será uma visita que faremos a um orfanato da cidade.
Jorge, ao escutar os palpites lançados pelos familiares sorria e dizia:
- Aguardem!
Porém, finalmente chega a data aprazada. Todos ansiosos para saberem qual a novidade anunciada e eis que cada um recebe um pacote muito bonito que imediatamente Jorge pede para abri-lo.
O espanto é geral. Olhares de curiosidade. Ninguém entendia nada, afinal, seria a surpresa um livro que estampava em seu título o nome: O Evangelho segundo o Espiritismo?
Jorge tratou de esclarecer antes que fosse crivado de perguntas:
Nosso natal deste e dos outros anos que virão serão comemorados com a presença do aniversariante, coisa que não fazíamos antes.
Em coro todos perguntam:
- Como assim? Quem é esse aniversariante?
Tranqüilo, mas sem esconder a sua decepção, Jorge informou:
- Jesus!
- Quem?
Ele repete mais firme:
- Jesus!
E pelo teor daquele pequeno diálogo constatou Jorge que os natais realizados em sua casa tinham de tudo: presentes, guloseimas, bebidas, músicas, porém nunca haviam chamado o aniversariante para participar da festa coroando a noite com suas belas e sublimes lições. Naquela família Jesus era um mero desconhecido. Porém, antes tarde do que nunca Jorge trataria de não mais esquecer de convidar para o banquete o aniversariante da noite.
E sorrindo abriu o exemplar do livro que estava em suas mãos, iniciando a leitura do Evangelho pela lição...


Biografia:
Wellington Balbo, 36 anos, escritor, 7 livros publicados.
Número de vezes que este texto foi lido: 54817


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Bom senso nas redes sociais Wellington Balbo
Artigos PAIS ATAREFADOS, FILHOS SOLITÁRIOS Wellington Balbo
Infantil Marquinhos e a conversa com Deus Wellington Balbo
Infantil A mudança de Bruno Wellington Balbo
Infantil A cola de Téo Wellington Balbo
Infantil As conversas de Luizinho Wellington Balbo

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 31 até 36 de um total de 36.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
UM PINGO - orivaldo grandizoli 54815 Visitas
CALMA - orivaldo grandizoli 54815 Visitas
MELHOR ASSIM - orivaldo grandizoli 54815 Visitas
LÍNGUAPALAVRA - orivaldo grandizoli 54815 Visitas
``Rosto d'negra'' - poeta platónicó 54815 Visitas
Recém nascido - Elias Leoncio de Souza 54815 Visitas
``NOS MEUS DELÍRIOS'' - poeta platónicó 54815 Visitas

Páginas: Primeira Anterior