Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
RIO DE JANEIRO, JANEIRO DE RIO
Lailton Araújo



O bem ou o mal, para algumas pessoas, dependem da ótica política e educação pessoal. A história mostra que essa dicotomia sempre existiu desde que o ser humano disputava uma carcaça, da carniça que sobrava, logo após a caça na pré-história.

A região serrana do Estado do Rio de Janeiro passou por um dos momentos mais críticos dos últimos anos. Na primeira quinzena de janeiro de 2011, choveu em um dia o esperado para um mês. Ocorreram centenas de mortes de seres humanos e destruição das infra-estruturas de vários municípios. Mesmo com esta e outras tragédias acontecidas no passado, os mesmos erros de avaliação do poder de destruição da natureza, continuam... As campanhas de conscientização ambiental ficaram no papel. O turismo cego e oportunista, aliado às más gestões administrativas de algumas cidades, incentiva - até de forma criminosa - a aglomeração de pessoas em pleno verão ou fora deste período, sem a realização de obras reparadoras pós-tragédias, e voltadas para a segurança dos habitantes serranos e visitantes.

Muitos ecologistas nutrem uma relação dicotômica - já comentada - de bem ou mal com a natureza, esquecendo que ela segue seu rumo no tempo, moldando o planeta Terra e o Universo. É assim há bilhões de anos... A população humana envolvida no evento catastrófico de janeiro de 2011, no Estado do Rio de Janeiro, sabia que poderia ocorrer algo assim? Talvez sim... A citada natureza apenas moldou novamente, aquilo que o ser humano modificou em um curto espaço de tempo. Exemplos: cursos dos leitos de rios; construções regulares e irregulares nas encostas de serras; urbanização em áreas de escapes de cursos d’águas; cidades em áreas impróprias ao desenvolvimento humano; rodovias cortando as bases e entranhas das serras ou montanhas.

Independentemente de velhas ou novas tragédias, a natureza promove a vida. Após uma pequena ou grande cheia de um rio, as áreas férteis e inférteis das várzeas são revitalizadas com o material orgânico e inorgânico trazidos de outros locais. É a nova vida nascendo da extinta vida! Cabe ao ser humano reaprender a velha lição da sobrevivência. O bem estar e segurança de um povo, devem ser as principais metas de desenvolvimento de qualquer governo. A omissão pode ser crime! Todos os envolvidos na exposta tragédia, parecem ser cúmplices, por executarem parcerias caóticas, com o uso impróprio e desordenado do solo, sem levar em conta os fenômenos, meteorológicos e climáticas nas antigas e novas cidades fluminenses. O ser humano chora! Os governos tentam explicar! A natureza continua sendo a natureza...


Biografia:
** LAILTON ARAÚJO * Nasceu na cidade de Sertânia, Estado de Pernambuco - Brasil em 1959. É músico, compositor, cantor, ambientalista, pesquisador de ritmos regionais brasileiros, escritor e ex-professor (não formado) do Cursinho Pré-Vestibular Educafro, onde lecionou as disciplinas: biologia e geografia. * Trabalha há 34 anos na área cultural, atuando como empresário de eventos, marketing e diretor fonográfico. É vocalista da Banda Moxotó - de Pernambuco. * Atua ainda como produtor artístico de Anastácia, Banda de Pífanos de Caruaru e Oswaldinho do Acordeon. Realizou quase 1500 eventos. ** CONTATOS * Tel. (11) 9.9200-0987 * São Paulo - SP - Brasil * lailtonaraujo@bol.com.br * lailtonaraujo@yahoo.com.br
Número de vezes que este texto foi lido: 28748


Outros títulos do mesmo autor

Artigos REFLEXÃO EM 14-03-2013 Lailton Araújo
Crônicas ABRAM-SE AS PORTAS Lailton Araújo
Artigos FELIZ NATAL E UM INCERTO ANO NOVO Lailton Araújo
Artigos RIO DE JANEIRO, JANEIRO DE RIO Lailton Araújo
Artigos A HUMANIDADE CAMINHA AO DEUS DARÁ Lailton Araújo
Músicas NOITE AFRICANA (TRIBAL) Lailton Araújo
Crônicas MANIFESTO, PROFECIA OU JOGO DE BEISEBOL? Lailton Araújo
Ensaios BRINCANDO DE ESCREVER O ABSURDO... Lailton Araújo
Poesias DENGUE, DENGOSO, MOSQUITO EU SOU Lailton Araújo
Artigos RUMOS CULTURAIS... FALTAM BÚSSOLAS! Lailton Araújo

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 56.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 65744 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 54853 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43514 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43151 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42292 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40618 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39091 Visitas
Amores! - 37442 Visitas
Desabafo - 36805 Visitas
Faça alguém feliz - 35058 Visitas

Páginas: Próxima Última