Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Vendados Olhos
Bia Nahas

Vendo os olhos num eterno segundo
De forma que aceito o orgulho
Me dizendo que não tenho erros a rever
Nem conhecimentos alheios que valha compreender.

Tapo os olhos com uma venda
Já que o orgulho me aprisiona na mesma
Sem possibilitar que o universo me ensine
Alegando saber tudo que precise.

Verdades incontestáveis são uma escuridão
Sem ver as pedras que precisam ser tiradas à mão.
A sabedoria é conquistada a cada dia
E me permite olhar a realidade com humildade e alegria.

As pedras são retiradas da nossa alma
Que pesam e dificultam nossa jornada
Restando as penas que aliviam a vida
Pela leveza e delicadeza de sua caída.

O amor preenche o coração
Que se domina pela emoção
De acreditar numa paz espiritual plena
Somente possível quando o orgulho não é uma venda.

Referência: Fiz essa poesia depois da aula que eu dei sobre o orgulho para uma casa espírita.
10 – (...) O orgulho é a venda que lhes tapa os olhos. Que adianta apresentar a luz a um cego? Seria preciso, pois, curar primeiro a causa do mal; eis porque, como hábil médico, Ele castiga primeiramente o orgulho. Não abandona os filhos perdidos, pois sabe que, cedo ou tarde, seus olhos se abrirão; mas quer que o façam de vontade própria.
https://evangelhoespirita.wordpress.com/capitulos-1-a-27/cap-7-bem-aventurados-os-pobres-de-espirito/misterios-ocultos-aos-sabios-e-prudentes/


Biografia:
Oi, gente! Meu nome é beatriz nahas.Tenho 20 anos. Sou de São Paulo capital. Estou fazendo faculdade de psicologia. Cada poema é muito especial e único, pois expresso alguma inquietação social ou pessoal. Faço encomendas de poesias. ´E só me pedir por email que será um prazer fazê-la. Email para contato: nahasbeatriz@gmail.com Meu blog pessoal de poesias: www.rumoaminhamente.blogspot.com.br Twitter: @Bia__Nahas
Número de vezes que este texto foi lido: 28514


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Equilíbrio nas Nossas Vidas Bia Nahas

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 241 até 241 de um total de 241.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Ayrton! Ayrton! Ayrton Senna do Brasil!!! - Roberto Queiroz 9 Visitas
A luz - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 9 Visitas
A morte, da cultura e da mémória - Roberto Queiroz 8 Visitas
Um livro para leitores invisíveis - Roberto Queiroz 8 Visitas
Quem matou o Brasil? - Roberto Queiroz 8 Visitas
Uma nova forma de cutucar, incomodar, agregar - Roberto Queiroz 8 Visitas
SOB O MESMO PARAÍSO 9 NOVEL 16 ANOS - ricardo fogzy 7 Visitas
Amar e suportar os espinhos! - Rylian 6 Visitas
SOB O MESMO PARAÍSO 7 NOVEL 16 ANOS - ricardo fogzy 4 Visitas
SOB O MESMO PARAÍSO 8 NOVEL 16 ANOS - ricardo fogzy 3 Visitas

Páginas: Primeira Anterior