Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O poema que não fiz
Bhall Marcos

Poderia ter pedido
    pra pararem
      que eu confessaria
            ser poeta

Diria ainda que
   cada manhã que nasce
      me nasce uma rosa
            na face

Poderia ter pedido
    pra pararem
      que novamente
      confessaria ser poeta

E que só o meu amor
   era meu deus
      eu era seu profeta

Mas Leminski
       o fez
        antes de mim.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 29118


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Crime organizado Bhall Marcos
Poesias Estátua Bhall Marcos
Poesias Ela não veio Bhall Marcos
Artigos As duas faces Bhall Marcos
Poesias Da janela do ônibus Bhall Marcos
Poesias O poema que não fiz Bhall Marcos
Poesias RAP(volução) Bhall Marcos


Publicações de número 1 até 7 de um total de 7.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 65726 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 54845 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43510 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43146 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42271 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40608 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39058 Visitas
Amores! - 37396 Visitas
Desabafo - 36766 Visitas
Faça alguém feliz - 35048 Visitas

Páginas: Próxima Última