Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ESPESSOS REFLEXOS 2 IND 14 ANOS SUSPENSE
DE RICO FOG E IONE AZ
paulo ricardo a fogaça

Resumo:
BOM

2




                 Selma sai do quarto e segue para a cozinha, serve um copo com água, lava as mãos e refresca seu rosto com elas molhadas, após desligar a luz retorna para o quarto, ali no sofá perto da cama, Moisés dorme como há anos atrás.
   - Meus Deus, o que significa toda essa loucura.
   Ali parada a olha-lo, ela segue até a penteadeira, abre a gaveta e procura por algo, logo tira desta sua aliança, coloca no dedo e em seguida tira, seus olhos enchem de lágrimas.
   Elza caminha pela rua hoje asfaltada de seu bairro, logo para frente ao número 1603, abre o portão já velho e enferrujado, segue por uma calçada já bem corroída pelo tempo, ao tentar abrir a porta da frente, nada, ela dá volta pelo jardim mau cuidado, restanDo somente mato e algumas plantas mais fortes, com outra chave ela consegue abrir a porta dos fundos e ao ligar a luz, nada, nem relógio medidor existe mais na casa, no chão todO sujo pela ação do tempo ela caminha, logo pega algumas correspondências, dentre estas uma que diz, o imóvel vai a leilão dali a dois dias.
   Amanhece, Elza segue até o escritório de advocacia, após 3 horas ali ela sai com documentos em mãos, horas depois recebe uma ligação em seu celular que comprara de um box importados, o leilão irá acontecer mais a sua casa fora retirada das ofertas, depois disso ela vai ao banco e faz um saque, logo sai denovo do escritório advocaticio onde fizera o depósito em juizo das taxas e impostos em atraso, ela segue de volta a casa.
   - Olá.
   - Oi.
   - Quando eu soube quis ver com meus próprios olhos.
   - O que Matilde?
   - Você ainda se lembra de mim?
   - Como poderia esquecer, você sempre esta por aqui.
   - Por onde andou?
   - Por ai.
   - Olha, hoje eu não vou trabalhar, então vai me conte tudo.
   - Você não quer saber.
   - Vai, conta.
   - Vamos sair?
   - Onde?
   - Preciso comprar algumas coisas, alimento.
   - Legal, vamos.
   Matilde acompanha a vizinha de bairro sem ainda entender como pode a mulher aparecer assim do nada depois de 27 anos.
   Ali cortando legumes para uma sopa, Elza assovia uma canção antiga romântica, Matilde bate no batente entrando.
   - Aqui, trouxe umas roupas de cama e cobertor.
   - Obrigada, amanhã mesmo irei ao banco e vou comprar novos.
   - Nossa, Elza, preciso te perguntar, você andou mergulhada no formol?
   - Por que?
   - Olha, você não mudou nada, nem uma ruga, a pele e visual de tempos atrás.
   - Acho que é imprenssão sua.
   - Deve ser.
   - Sim, eu envelheci e muito devo estar me acabando.
   - Vai fazer o quê da vida?
   - Trabalhar, oras.
   - Mais.....
   - Ainda existe aquele posto onde trabalhei?
   - Esteve fechado por uns 5 anos, acho, reabriu há pouco com outro nome e dono.
   - Bom, vou dar uma passadinha por lá. Nisso Elza sente uma forte dor de cabeça, deixa a faca cair e desmaia.
   Quando acorda, Matilde esta a abanar, preparara para ela um chá.
   - O que houve?
   - Sei lá, você estava falando e ai apagou.
   - Preciso de um favor.
   - Sim, qual?
   - Arrume para mim um comprador para esta casa ou alguém de confiança para aluga-la.
   - Vai alugar?
   - Senão conseguir vender, vou sim.
   - Por que, estava tão contente.
   - Só faça isso por favor.
   - Tá bom.
   Moisés arrumas sua ferramentas na sacola, Selma chega do plantão que estivera por 12 horas de cuidadora no asilo.
   - Oi.
   - Olá, bom dia.
   - Bom.
   - O que é isso?
   - Vou trabalhar, arrumei um bico, chego em casa á noite.
   - Tá tudo certo você assim já voltar a trabalhar, esta se sentindo bem?
   - Sim, por que?
   - Nada.


                                    01082020............


Biografia:
amo escrever e ler
Número de vezes que este texto foi lido: 33


Outros títulos do mesmo autor

Contos ESPESSOS REFLEXOS 3 IND 14 ANOS NOVEL paulo ricardo a fogaça
Crônicas O INSS, VACINA, HOSPITAL DE CAMPANHA paulo ricardo a fogaça
Contos ESPESSOS REFLEXOS 2 IND 14 ANOS SUSPENSE paulo ricardo a fogaça
Contos O GAROTO DA CALÇADA 18 ANOS LGBT paulo ricardo a fogaça
Contos ESPESSOS REFLEXOS IND 14 ANOS SUSPENSE paulo ricardo a fogaça
Contos CÁSSIO CAP FINAL IND 17 ANOS paulo ricardo a fogaça
Poesias A TAL DA SOLIDÃO paulo ricardo a fogaça
Contos CÁSSIO 11 NOVEL IND 17 ANOS paulo ricardo a fogaça


Publicações de número 1 até 8 de um total de 8.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66650 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55296 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43800 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 43551 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43430 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40978 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 40793 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 40195 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39171 Visitas
Lamento - FERNANDO 39027 Visitas

Páginas: Próxima Última