Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
NOS TEUS OLHOS, CRIANÇA..
SALETI HARTMANN

Resumo:
Quero refletir-me nos teus olhos, criança, e ver a Vida através deles, com Bondade e sem tanto temor.


Eu não queria um mundo assim, sofrido. Não queria este mundo assim, para ti, tão frio, tão estéril. Não o queria para mim também, mas tenho que aprender a viver nele, preciso encontrar o amor que se esconde, a bondade que raramente floresce. Quero modificá-lo, fazê-lo renascer para ti, para que tu possas sorrir, quando cresceres. Não tenho forças para remover toda a maldade, não tenho poderes para abolir os sofrimentos. Confesso que tu és a fonte de toda a minha força, a origem do meu pequeno poder. Quero modificar o mundo, mas és tu quem me modificas; quero dar-te alegrias e és tu quem me fazes feliz.

Quando estou contigo - quando o mundo se resume na minha e na tua presenças - e quando tu me fitas, a esperança e o amor se fazem realidade: vejo nos teus olhos, criança, as lições todas que preciso aprender - ou reaprender - para viver neste mundo. Teus olhos, tua inocência e a tua alma aberta, sem fronteiras, levam-me por caminhos que julgava não existirem mais para mim.

Sempre que estou ao teu lado, aprendo os pequenos segredos da vida: se sorris, é como se a própria vida sorrisse para mim, como se a minha alma fosse da mesma idade que a tua. Aprendo contigo o amor que modifica o mundo.

Ensina-me sempre e procura esquecer os momentos maus que te faço viver, perdoa-me quando o meu egoísmo me faz cruel para contigo. Adulto é assim mesmo, impaciente, embrutecido: ensina-me a ser paciente, a compreender que a vida não tem pressa e que o tempo é uma invenção, apenas; ensina-me a tua alegria pelas coisas pequenas e simples, a tua capacidade de transformar em sorrisos, as lágrimas e as preocupações.

Aprendo com a tua ternura, a buscar apenas o essencial, a não perder tanta vida na procura de futilidades passageiras, de fantasias. Compreendo, junto de ti, que o teu mundo é o que é real e o nosso é o mundo da ilusão. Sim, porque vivemos e sofremos por coisas banais, pela matéria. Esqueço-me de falar-te de Deus e do mundo espiritual, e tu me fazes recordar dele, em todos os momentos.

Sabes, tu tens um poder enorme para modificar o mundo dos adultos. Tu, criança, com essa tua alma que só sabe ter amor, com esses teus olhos que fitam sem acusar e que às vezes choram, sem entender. Precisamos urgentemente dedicar-te os nossos cuidados, nossa atenção... o nosso AMOR... pois os problemas nos envolvem tanto, que nos omitimos do precioso dever para contigo e quando nos lembramos, a vida já feriu o teu coração, já deixou marcas profundas em tua mente.

Tarde, reivindicamos o teu amor, o teu carinho, reclamamos o teu sorriso para aliviar o nosso cansaço... e tu te revoltas, porque não compreendes esta nossa necessidade súbita, esse nosso egoísmo.

Perdoa-nos, criança, porque não sabemos te amar, não sabemos orientar os teus passos para a vida; és tu quem nos está guiando, embora o nosso orgulho não nos deixe perceber.

É nos teus olhos que precisamos contemplar, é através deles que aprendemos a amar e a valorizar o mundo, a vida. Quero poder ver dentro deles e não me envergonhar, quero sentir que tu terás um mundo, ainda, quero saber sempre ter esperança, para que tu possas tê-la também.

Quero refletir-me nos teus olhos, criança, e ver a vida através deles, com bondade e sem tanto temor.


Biografia:
Saleti Hartmann nasceu em 28/07/1958 em Cândido Godói-RS, e já na adolescência começou a escrever. De lá para cá tem 8 livros publicados, divulgando suas poesias, crônicas e artigos, que falam sobre a Paz, Educação, e um mundo sem drogas e violência. Tem 59 anos. Solteira. Acredita na Civilização do Amor. Participa de Antologias poéticas em várias regiões do país, tendo recebido prêmios em alguns concursos literários. Saleti é Professora, Pedagoga e Psicopedagoga, além de Poetisa. Ama a leitura, a natureza, música e pessoas sensíveis à fraternidade humana.
Número de vezes que este texto foi lido: 50122


Outros títulos do mesmo autor

Artigos PRESSUPOSTOS DA LIBERDADE (2) SALETI HARTMANN
Artigos PRESSUPOSTOS DA LIBERDADE (1) SALETI HARTMANN
Crônicas A LÁGRIMA DO ANJO SALETI HARTMANN
Crônicas NOS TEUS OLHOS, CRIANÇA.. SALETI HARTMANN
Artigos EDUCAR PARA A PAZ! SALETI HARTMANN
Crônicas UMA FLOR DORME NO TEU CORAÇÃO SALETI HARTMANN
Crônicas CALÚNIA SALETI HARTMANN
Poesias A Água e a Criança SALETI HARTMANN
Poesias UM DIA...UM BRASIL QUE EU CONHECI SALETI HARTMANN
Poesias BOM DIA SALETI HARTMANN

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 84.


escrita@komedi.com.br © 2022
 
  Textos mais lidos
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 56557 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 56183 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 56000 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 54912 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 54847 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 54795 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 54447 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 54241 Visitas
1 centavo - Roni Fernandes 53974 Visitas
Amores! - 53260 Visitas

Páginas: Próxima Última