Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Tantas PERGUNTAS para meia RESPOSTA
Tânia Du Bois


Encontro perguntas que no meu coração refletem a nossa trajetória:
O que nos faz feliz?
Ó beleza, onde está a nossa verdade?
Somos o reflexo da nossa infância?
Que criança resiste a um belo livro?
Quantas sombras tem o homem?
Por que o silêncio não silencia?
Quantos editores escutam a voz do leitor?
Todos os homens tem alma feminina?
Encontramos arte nos retratos pintados?
Sabemos os limites da vida na face oculta?
Em que palavras materializamos a espera?
O mundo é desenhado só para os homens?
Por que os homens não escutam as mulheres?
Que significados existem além do bem e do mal?
Por que passamos a vida sem ser notados?
Temos tempo para amar a quem nos ama?
Como podemos esquecer se não deixamos de lembrar?
Desejamos segredo maior que o contido nas expressões poéticas?
Quem nunca sentiu a saudade cortar o peito como aço de navalha?
Onde e quando os poemas começam a fazer parte da nossa vida?
O tempo é fronteira entre o que lemos e o que poderemos ler?
O que se revela ao decidirmos caminhar para sentir o vento?
Precisamos desejar ou sonhar ao dar tempo ao tempo e hora ao instante?
Acostumamo-nos a passar poucas horas por noite sobre os travesseiros?
O amor, as lembranças, os vícios e os amigos tem prazo de validade?
Que país é este que chora quando a seleção de futebol é desclassificada e a perda dos intelectuais é chorada apenas pelos amantes da cultura?
Provocar a felicidade é o que precisamos para não atrapalhar o dia a dia?
Nossas palavras são ponto de partida para o texto, como a liberdade é pretexto para viver?
A vida sem carinho nos faz pessoas vazias como páginas em branco?
A natureza posa para nós, fala conosco e ainda captura nossos sentimentos?
Mudanças inflexionam a história ao indagar se somos ricos ou endinheirados?
     No mundo de relações virtuais vivemos na impessoalidade, pois, a atitude é que faz a diferença. Nosso poder reside nos pequenos gestos do cotidiano, como resposta ao confronto com a vida, que pode transformar os fatos a qualquer instante. Segundo Getúlio Zauza, “Me pergunto: será a vida sonho acordado? / E se a humanidade em verdade viver sonhando? Haverá tempo suficiente para despertar?...”. A resposta é algo que desperta interesses, tal a liberdade e a paz; tudo começa quando respondemos as perguntas ou, pelo menos, nos perguntamos sobre as dúvidas. Para Pedro Du Bois, “Na resposta observo / a pergunta pronunciada / ágil lâmina / trespassada / ao passado / não pode a resposta resolver / comandos negados na pergunta”.


Biografia:
Pedagoga. Articulista e cronista. Textos publicados em sites e blogs.Participante e colaboradora do Projeto Passo Fundo. Autora dos livros: Amantes nas Entrelinhas, O Exercício das Vozes, Autópsia do Invisível, Comércio de Ilusões, O Eco dos Objetos - cabides da memória , Arte em Movimento e Vidas Desamarradas.
Número de vezes que este texto foi lido: 141


Outros títulos do mesmo autor

Artigos A CARTA Tânia Du Bois
Artigos NATAL: tempo dos desejos Tânia Du Bois
Artigos Tantas PERGUNTAS para meia RESPOSTA Tânia Du Bois
Artigos NO RITMO, EM TEMPO Tânia Du Bois
Artigos ESTANTE Tânia Du Bois
Artigos QUANTO TEMPO CONSEGUIMOS FICAR SEM O CELULAR? Tânia Du Bois
Artigos RISCAR O VIDRO DA JANELA Tânia Du Bois
Artigos TELEVISÃO Tânia Du Bois
Artigos “VOZES da NATUREZA” Tânia Du Bois
Artigos QUAL É O NOSSO LIMITE? Tânia Du Bois

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 304.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 183200 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 152329 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 151739 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128644 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67659 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 66392 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 59822 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 59722 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57850 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53809 Visitas

Páginas: Próxima Última