Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Deixada na Frente da Porta
Bia Nahas

Há abandono
àquilo que não importa.
Durante o sono,
fui deixada na frente da porta.

Se procuro em outra pessoa
o amor que faltou nesse momento,
posso não ter uma reação muito boa
quando ocorre um separamento.

A frustração acaba sendo tão grande
porque é o acúmulo do abandono desse instante
em que era bebê ou criança
já que não tinha alguém que pudesse oferecer confiança.

A frustração de qualquer separação
acaba sendo mais suportável ao coração
quando separamos do nosso histórico pessoal,
e assim nós compreendemos a liberdade individual.

Dependência ou Independência absoluta
acaba sendo muito prejudicial a nossa conduta.
O equilíbrio entre o meio e o interno
deve ser compreendido para não nos rendermos ao inferno.

Inferno da consciência
perdida na sofrência
por sentir que como ninguém ama,
tudo bem se queimar na chama.

Abandono da família ou da amiga,
Rejeição da namorada ou da empregada,
Rejeição do professor ou do povo opressor
pode levar a rejeição de si mesmo pela tamanha dor.

O tamanho da dor é pelas ocorrências à fio
de quando se sentiu abandonado e sozinho,
mas nunca vai perder a si nesse mundinho
porque a mente é a principal aliada do destino.

A mente é a que mais nos prejudica ou nos auxilia
quando ela está mais positiva ou mais negativa
porque ela que vai ajudar a enfrentar qualquer frustração
ressignificando e perdoando qualquer situação.

´E com o tempo que a dor diminuirá.
´E com a mente que a dor se ressignificará.
A extrema saudade e tristeza dos planos negados
é também pela alta expectativa em não ser mais abandonado.

Mas separações não são abandonos.
Separação de indivíduos livres e autônomos
que tem liberdade de escolher e sentir
é diferente do abandono a um bebê que não tem para onde ir.

O abandono físico é combatido pela lei.
Mas o abandono psíquico é combatido pela mente que é nosso rei.
O ressentimento é vagarosamente elaborado e perdoado
porque o tempo de evolução é extremamente individualizado.

Embora tenhamos responsabilidades,
as pessoas não são perfeitas ainda nesse mundo de provas e expiações.
Embora tenhamos necessidades,
as pessoas vão evoluir no tempo delas os seus corações.

Então, entreguemos a mágoa a Deus.
Ele cuida de todos os filhos Seus.
Não tem porque se subestimar nem o mundo lutar
porque sabemos que em tudo há um lado bom e um a se melhorar.

Em todos nós, há uma centelha divina
preparada para desabrochar em nossa vida
para que nos conduza a um caminho mais saudável
sem exigir que todos sejam perfeitos para não sofrer, pois a dor é irremediável.

Podemos aprender
estudando, conversando ou até sofrendo.
Podemos amadurecer
de várias maneiras sem necessariamente padecendo.

Não é pela frustração que vamos desistir de viver.
A vida tem dificuldades para nos ajudar a amadurecer.
As pessoas, as situações e nós mesmos tem lado bom e ruim.
Se nos concentramos apenas no ruim, deprimiremos assim.

O ressignificar
é o que a mente pede de nós em cada lutar.
O ressignificar
é a porta que podemos abrir ao perdoar àquela que se fechar...

Um clichê que nesse poema faz todo sentido:
"Quando uma porta se fecha, uma outra se abre".


Biografia:
Oi, gente! Sou a Bia. Tenho 22 anos. Moro em São Paulo capital. Estou fazendo faculdade de psicologia. Cada poema é muito especial e único, pois expresso alguma inquietação social ou pessoal. Faço encomendas de poesias. Quem quiser me conhecer, será um prazer. Mande um e-mail que eu respondo. Email para contato: nahasbeatriz@gmail.com Meu blog pessoal de poesias: www.rumoaminhamente.blogspot.com.br Twitter: @Bia__Nahas
Número de vezes que este texto foi lido: 271


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Limpa Bia Nahas
Poesias 9 lágrimas Bia Nahas
Poesias Dilúvio do Amor Bia Nahas
Poesias Embriaguez Romântica Bia Nahas
Poesias Não Volto Bia Nahas
Poesias Sombra Bia Nahas
Poesias Segunda Cartinha a Você Bia Nahas
Poesias Uma Cartinha a Você Bia Nahas
Poesias A Fada e o Gnomo Bia Nahas
Poesias Sinal de Vida Bia Nahas

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 331.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66842 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55362 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43856 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 43607 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43478 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 41153 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41034 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 40367 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39510 Visitas
Lamento - FERNANDO 39409 Visitas

Páginas: Próxima Última