Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
SACRILÉGIO SANTO
DIRCEU DETROZ

Nas vezes em que perdidos na madrugada
quando os cios atiçam o fogo dos desejos,
todos os sacrilégios das nossas cavalgadas
se perdoam na delícia divina de um beijo.

Somos devotos de orgasmos consagrados
tão caudalosos, tão intensos e sem talvez,
as preces de amores rezamos apaixonados
num altar simples de travesseiros e nudez.

Obra-prima de doces êxtases rabiscados,
desenhamos nossos corpos enroscados,
no último sussurro antes do adormecer.

Que digam! São amantes das loucuras,
infelizes desses procurando pela cura,
medrosos do sacrilégio santo, o prazer.


Biografia:
Sou catarinense, natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br.
Número de vezes que este texto foi lido: 1180


Outros títulos do mesmo autor

Poesias HOUVE UMA VEZ... UM VERÃO DIRCEU DETROZ
Poesias LIZZANDRA DIRCEU DETROZ
Artigos UMA GUERRA SILENCIOSA DIRCEU DETROZ
Poesias CIO DIRCEU DETROZ
Poesias JARDIM SECRETO DIRCEU DETROZ

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 1011 até 1015 de um total de 1015.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Puser - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas
frase 10 - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas
BRILHA A PAZ - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior