Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Andante Spianatto
Um piano para Chopin
Luís Eduardo Fernandes Vieira

Resumo:
O começo duma peça que escrevi cujo nome era Encontro de poesias



Ator, vindo de fora. Palco em luz ao centro. Uma poltrona, uma mesa, um cigarro ao cinzeiro, um óculos (com lentes redondas), um pequeno abajur com arranjos em detalhes.
Vem vindo o ator. Caminha pausadamente, frio. Ao entrar na sala sente um clima familiar. Senta-se na poltrona encarando o publico. Denota nervosismo, esfrega suas mãos, secando-as. Olha para o publico, como se procurando alguém. Olha para dentro e chama: “Emilia! Emilia?”. Em seguida, para e começa a escrever.

Voz (in off)

Ide!
Ide, mas deixai uma ultima rosa
Para a lembrança das primaveras
Que vivemos juntos.

De todas as estações
A melhor foi a sua,
mesmo assim,
como todas apenas posso usufruir uma vez ao ano...

Ide...
E não mais falemos nisto,
Pois, quando se torna o ouro vulgar
Vale menos que o cobre.

Número de vezes que este texto foi lido: 54729


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O Arado Luís Eduardo Fernandes Vieira
Ensaios Sobre a morte do compositor austríaco Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias Andante Spianatto Luís Eduardo Fernandes Vieira
Releases Andar em círculos Luís Eduardo Fernandes Vieira
Artigos Sobre o primeiro Ensaio para um grupo de Teatro Luís Eduardo Fernandes Vieira
Teatro A Historia de Sambo Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias Ruínas da alma Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias Os Sem Terra Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias rojo Luís Eduardo Fernandes Vieira

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 19 de um total de 19.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
O Desafio do Brincar na Atualidade - Daiane schmitt 17 Visitas

Páginas: Primeira Anterior