Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Mulheres
Ana Maria de Souza Mello

Bonitas ou feias,
gordas ou magras.
Amadas, esquecidas.

Dependentes ou não.
Carentes, envolventes.
Submissas, acreditas?

Quando amigas são fiéis.
Se inimigas são cruéis.
São mães e amam demais.

Perdoam e se doam.
Dizem não e cortam,
despedaçam o coração.

São avós e deixam tudo,
atendem pedidos
fazem carinho – fadas.

São amantes que choram,
riem e compartilham.

Trabalhadoras, sustentam,
enfrentam resignadas
duas, três jornadas.

Diferentes ou iguais
poderosas, virtuosas, evoluem.

Velhas ou meninas
puras ou impuras
cristalinas.

Masculinas e femininas
são controvérsia e emoção.

Ser mulher é um jeito
de viver, amar e crescer.
Por natureza ou opção.


Este texto é administrado por: Ana Mello
Número de vezes que este texto foi lido: 54761


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Mulheres Ana Maria de Souza Mello
Contos Segredo de menina Ana Maria de Souza Mello
Contos Jogada de menino Ana Maria de Souza Mello


Publicações de número 1 até 3 de um total de 3.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
eu sei quem sou - 54834 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54833 Visitas
MENINA - 54832 Visitas
viramundo vai a frança - 54831 Visitas
camaro amarelo - 54823 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54823 Visitas
sei quem sou? - 54814 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54811 Visitas
🔴 Atila, o rei dos energúmenos - Rafael da Silva Claro 54810 Visitas
A conquista da Atalanta e a resiliência - Vander Roberto 54810 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última