Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
QUE SEJA DITO... O BRASIL NÃO É SÉRIO!
Lailton Araújo



O Brasil é um país ímpar quando comparado a qualquer outro! Nos primeiros anos da formação escolar, as crianças - aquelas que conseguem estudar - aprendem que sua nação é gigante pela própria natureza, bela, forte, e o futuro espelha grandeza.. É ufanismo exagerado! O Hino Nacional Brasileiro (Letra: Joaquim Osório Duque Estrada / Música: Francisco Manuel da Silva) soa como propaganda enganosa. Os pais desses meninos e meninas devem procurar o PROCON - Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor e exigir o cumprimento total de seus direitos.

O Brasil-Brasileiro pode ser comparado a uma empresa de porte colossal: impávido e colosso! Ele vende, compra, cobra e fornece serviços à sociedade. A elite dos consumidores é contemplada com serviços de qualidade. O povão fica ao Deus dará. O faturamento da citada Empresa-Brasil ocorre na forma de arrecadação de impostos. Vários tributos são injustos, e lembram cascatas progressivas. Outros são necessários à sobrevivência da máquina empresarial e sua perfeita engrenagem. Indivíduos competentes e éticos na direção da Empresa-Brasil podem fazer diferença na valorização das ações sociais, cotadas em bem-estar na fictícia Bolsa de Valores do Governo do Brasil, em Brasília, Distrito Federal.

O cidadão que habita esta terra - bem brasileira e às margens plácidas - possui um contrato especial que lhe dá direitos como acionista e cliente na Brasil Brasileiro. Este documento chama-se Constituição da República Federativa do Brasil (ou magma carta). Nela, constam as regras comerciais e políticas, com direitos e deveres para serem cumpridos, e iguais para todos. A Constituição brasileira é simples, objetiva e moderna.

Os dirigentes da Empresa-Brasil são eleitos pelo voto direto de todos os acionistas: o povo. Os problemas que ocorrem nas mudanças dos cargos administrativos precisam de solução. As trocas de funções - muitas vezes por ambição política - ocorrem com tanta freqüência, que parecem descartáveis. A falta de respeito é tão gritante, que familiares dos citados dirigentes, dão seqüência na escala empresarial - muitas vezes administrada com total incompetência. Eles se julgam donos absolutos e acionistas majoritários. Vale lembrar que os rios, a costa marítima, o ar, as riquezas minerais - petróleo, ouro, ferro e outros - e toda fauna e flora, pertencem aos nascidos ou naturalizados nesta nação: garantia da magma carta.

Quem observa algumas filiais da Empresa-Brasil, fica boquiaberto! As torres dos prédios são luxuosas; os pisos em mármore e a organização física e empresarial - quase perfeitos! Seus gerentes e diretores têm à disposição, motoristas particulares, jatinhos e uma legião de subalternos. Geralmente moram em mansões ou apartamentos de condomínios fechados nas melhores áreas urbanas. Comem e bebem nos melhores restaurantes e não percebem a variação do câmbio, ou mesmo, quando a inflação promete uma guerra de nervos! Qualquer brasileiro pode solicitar uma auditoria nos setores públicos do país. Os descrentes perguntam: de que jeito?

O que se vê é desastroso! Os olhos críticos percebem que a elite tem seus direitos preservados na Empresa-Brasil. Em contrapartida, o povão recebe suas minguadas cotas em forma de salários mínimos e outros benefícios sociais - de valores indiscutíveis para o atual momento - mas, que não resolvem e nunca resolverão os verdadeiros problemas sociais, e de infra-estrutura da Empresa-Brasil. Alguns benefícios governamentais, paliativos no combate à pobreza, viram moedas políticas regionais e lembram rações alimentares, distribuídas aos seres humanos nas senzalas do passado. Algo está errado na forma como se pratica a administração na Empresa-Brasil.


Biografia:
** LAILTON ARAÚJO * Nasceu na cidade de Sertânia, Estado de Pernambuco - Brasil em 1959. É músico, compositor, cantor, ambientalista, pesquisador de ritmos regionais brasileiros, escritor e ex-professor (não formado) do Cursinho Pré-Vestibular Educafro, onde lecionou as disciplinas: biologia e geografia. * Trabalha há 34 anos na área cultural, atuando como empresário de eventos, marketing e diretor fonográfico. É vocalista da Banda Moxotó - de Pernambuco. * Atua ainda como produtor artístico de Anastácia, Banda de Pífanos de Caruaru e Oswaldinho do Acordeon. Realizou quase 1500 eventos. ** CONTATOS * Tel. (11) 9.9200-0987 * São Paulo - SP - Brasil * lailtonaraujo@bol.com.br * lailtonaraujo@yahoo.com.br
Número de vezes que este texto foi lido: 28936


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios PERGUNTAS E RESPOSTAS AO ACASO Lailton Araújo
Crônicas MORANDO NO INTERIOR MINEIRO Lailton Araújo
Músicas OLHOS DE VITRAIS Lailton Araújo
Poesias AO ANOITECER NA CIDADE Lailton Araújo
Poesias PALAVRAS JOGADAS AO MAR Lailton Araújo
Ensaios DOMINGO, ROTINA, TIJOLOS E CONSTRUÇÃO Lailton Araújo
Crônicas UMA FLOR SEM PÁSSARO É SOCIALISMO SEM MÚSICA Lailton Araújo
Poesias LUAR DE BRONZE Lailton Araújo
Poesias AS ASAS DA RAZÃO Lailton Araújo
Artigos PENSAR NÃO MACHUCA O CÉREBRO Lailton Araújo

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 56.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 34437 Visitas
eu sei quem sou - 33325 Visitas
camaro amarelo - 33265 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 33166 Visitas
sei quem sou? - 33138 Visitas
MENINA - 33094 Visitas
A menina e o desenho - 33001 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 32987 Visitas
viramundo vai a frança - 32943 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 32938 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última