Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Alvor
Festa, Ria
Hélder dos Santos da Glória Duarte

Em Alvor cresci, junto à sua ria, onde muito nadei,
muito berbigão eu lá, com meus irmãos, apanhei.
Eram tempos do cigano Lineu e da cigana Estrela.
Ele vendia mulas e seus burros, ela bordados a estrear.

Havia a Maria Caloa, com a qual todos gozavam,
por ela não se lavar.Também o Raul, no seu praguejar,
e o aguadeiro, com sua carroça, vendia cântaros de água a apregoar.
E meu pai vendia batatas de rua em rua, às senhoras que compravam.


Eu regava as batatas e o milho nas duas hortas de meu pai,
e tratava das vacas e dos porcos, sem nunca dizer um aí.
Nas descascas do Armando Isidoro era depois baile e festa.


Eram tempos belos, sem ter televisão, em que se ouvia as rádio novelas,
eram tempos dos "Abba" que cantavam "Fernando" e canções outras...
Assim naquele tempo, eu sempre dizia, não há Alvor como esta!


Biografia:
Eu nasci em 1963 em Monchique e fui Pastor evangélico. Tenho o 12.ANO feito em 1984 curso de Humanísticos. Tenho o curso de formação de Pastores da Convenção das Assembleias de Deus em Portugal no Instituto Bíblico desta instituição. Morei em várias cidades do país. Começei a escrever há algum tempo. Mas não tenho nenhum livro publicado. TENHO A DOENÇA DE PARKINSON estou na unidade de Longa duração e Manutenção de Albufeira. Pois estou doente.
Número de vezes que este texto foi lido: 85


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Conflito Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Devorador Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Astúrias Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Nova Ordem Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Pela Graça Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Carlos do Carmo Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias A Verdadeira Paz Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Bispo Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Protecção Hélder dos Santos da Glória Duarte

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 126.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 75713 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 61729 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50138 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 49935 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49476 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49103 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 48847 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48701 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48661 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48127 Visitas

Páginas: Próxima Última