Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Vôlei da Culpa
Bia Nahas


A bola é jogada de mão em mão
Como a culpa que é passada sem hesitação.
Quem errou foi tal jogador
Ou cada jogador se subestima sem pudor.

A culpa é sua ou minha
Ou do treinador ou de quem apita.
A culpa é passada como a bola
No jogo de vôlei de toda a hora.

Ora a melancolia ou o remorso
Ora a briga ou o ódio
Desune um time sem propósito
Que culpa ao invés de ver a necessidade do próximo.

A limitação gera uma necessidade.
Se não é atendida, gera uma dificuldade
e aumenta em ansiedade
Que acabamos liberando na agressividade.

Toda a agressão
É uma necessidade sem ter atenção.
Ao invés de atender, achamos mais fácil ofender
Para que a pessoa possa aprender.

Mas será que o objetivo é mais para desabafar
Já que como é possível um passe-passe de culpa ensinar?
Qual é o nosso foco?
Qual é o nosso propósito?

Se o objetivo é vencer o jogo
Cada vez mais o time aprimorando com foco,
Então como é possível dialogar
Para nossas necessidades melhor expressar?

Se a bola cai para fora
Ou se alguém não pegou a bola,
Um time unido ajuda um ao outro
Já que o aprendizado assim é o maior tesouro.


Biografia:
Oi, gente! Sou a Bia. Tenho 22 anos. Moro em São Paulo capital. Estou fazendo faculdade de psicologia. Cada poema é muito especial e único, pois expresso alguma inquietação social ou pessoal. Faço encomendas de poesias. Quem quiser me conhecer, será um prazer. Mande um e-mail que eu respondo. Email para contato: nahasbeatriz@gmail.com Meu blog pessoal de poesias: www.rumoaminhamente.blogspot.com.br Twitter: @Bia__Nahas
Número de vezes que este texto foi lido: 202


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Trem da Independência Bia Nahas
Poesias Lamento de um Pedinte Bia Nahas
Poesias Julgamento pela Injustiça Bia Nahas
Poesias Bela ´Opera Bia Nahas
Poesias Meus Eus Bia Nahas
Poesias O Bar na Faculdade Bia Nahas
Poesias Lua do meu Apego Bia Nahas
Poesias Anjos Caídos Bia Nahas
Poesias Abra os Olhos Bia Nahas
Poesias Pai, Sonhei com você Bia Nahas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 311 até 320 de um total de 331.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Monarquia Parlamentar - Marco Antonio Cruz Filho 29463 Visitas
Exagerado - Aradia Rhianon 29463 Visitas
CANSEI - Elisandra Baiense Pereira Firmo 29462 Visitas
Sing - um gorducho no pedaço - Caliel Alves dos Santos 29460 Visitas
Meu trampo! - Dudu Khalifa 29460 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29460 Visitas
OS OLHOS DA BESTA - Gerson de Moraes Gama 29457 Visitas
A História “Urucungo” começa em 11 de julho de 1926 - victor briaunys 29455 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 29452 Visitas
Ele veio por mim - Kelly 29450 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última