Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
QUEM DERA
Luiz Fernando Sacramento Lusoli

Quem dera..
Você ao ler minhas poesias
Deixasse um lindo sorriso transparecer
Poderia assim
Meu coração enaltecer
Moléculas de um corpo já cansado
Onde deixo, partículas de lágrimas caírem
Não..
Não quero enfraquecer
Sendo assim
Vou seguindo,
Sem rumo,
Sem direção
Deixo-me, levar
Pelas intrépidas ondas da vida
Mas ao invés de ficar parado
Esperando a névoa fria baixar
Vou de encontro ao sol
Para aquecer de novo
Minh'alma
E, assim
Vou virando mais uma página da vida
Pois, no capitulo final da história
Irei, guiar-me pelos seus olhos
E, saberei que ao olhar para o céu
Não estarei sozinho
Sendo assim,
Em cada canto da terra
Onde meus versos passarem
Terei o meu mais valioso tesouro
Escondido dentro do coração
Daqueles que sabem amar
Viva a poesia!


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 28570


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Tudo bem Luiz Fernando Sacramento Lusoli
Poesias Encontrar Luiz Fernando Sacramento Lusoli
Poesias Não é fácil Luiz Fernando Sacramento Lusoli
Poesias Fim Luiz Fernando Sacramento Lusoli
Poesias Tempo Luiz Fernando Sacramento Lusoli
Poesias QUEM DERA Luiz Fernando Sacramento Lusoli


Publicações de número 1 até 6 de um total de 6.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
haicai - rodrigo ribeiro 30932 Visitas
Vivo com.. - 30888 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 30566 Visitas
eu sei quem sou - 30438 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 30413 Visitas
camaro amarelo - 30389 Visitas
sei quem sou? - 30386 Visitas
viramundo vai a frança - 30369 Visitas
MENINA - 30332 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 30316 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última