Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Pulei contra um trem
Entre meus trilhos
Talin Sangrato

Resumo:
Quanto de coragem você precisa para se jogar nos seus problemas e nos seus desafios? Eles são como um trem em movimento que prova você a você. Se prove.

O trem à minha frente prova.
O trem à minha frente mostra.
O trem à minha frente, me deixa de frente para mim.
E de frente a mim
Meu reflexo
Minha face
"Pare?"
O que eu preciso provar é mínimo
Perto de minha alma.
E o espírito é tão belo
Que não prova nada a ninguém.
Fútil sentir o que fiz
Parada, silenciada, meu tapa
"Pule!"
Se segurando para não se jogar, pois
O que eu perdi seria grande demais
Mas quando você joga para perder
Você perde.
A incerteza não é incógnita
O medo, um fato
A acomodação, ilusória fortaleza
Bater contra a porta
É realidade
Mas não é uma virtude
Tal paciência de esperar
Vagar devagar


Biografia:
Alguém que não tem o que contar de si mesmo, que escreve só pra si e até hoje não sabe porque compartilha. Se quiser mandar recado direto pra mim e-mail tefhanbowt@hotmail.com
Número de vezes que este texto foi lido: 29426


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O que você não deve saber Talin Sangrato
Poesias Chorando em frente ao espelho Talin Sangrato
Poesias Iria para qualquer lugar com você Talin Sangrato
Poesias Ela sempre volta Talin Sangrato
Crônicas Viagem de caronas Talin Sangrato
Poesias Extemporânea Talin Sangrato
Poesias Pulei contra um trem Talin Sangrato


Publicações de número 1 até 7 de um total de 7.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
AOS QUE MORRERAM FAZENDO O BEM - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
MULHER SEDUTORA - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
NÃO É UM DIA COMO TANTOS OUTROS - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
VIDA DE VERDADE - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
PRESENTE E FUTURO DE PAZ - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
Solidão - Cláudio Thomás Bornstein 0 Visitas
SALÃO AZUL - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior