Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Mansidão
Williton Martinelli

O amor existe,
E ele me surpreendeu.

Subitamente fui tomado por uma paz.

Olhei nos teus olhos,
E não consegui entender,
Onde foi parar toda dor
Das feridas que causei.

Com minha boca te caluniei,
Minha mão levantou contra ti,
Com meus olhos te repudiei,
E com todas minhas forças te desejei distante.

E distante você se foi

E a distancia corroeu a dor

Agora nem convenha que tenha
Passado um tempo e um pouco mais de tempo
E vai-te embora novamente.

Mas antes de ir quebrantou o julgo que impus,
Com um perdão sincero,
Do qual não compreendo
Mas recebo,

Estou liberto.

Williton Martinelli


Número de vezes que este texto foi lido: 54851


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Incompleto Williton Martinelli
Poesias Confusa Williton Martinelli
Poesias Suspensão Williton Martinelli
Poesias Dormência Williton Martinelli
Poesias Mansidão Williton Martinelli
Poesias Abrindo o Coração Williton Martinelli
Poesias (Re)Significando o (Re)Começo Williton Martinelli
Frases Passará Williton Martinelli
Humor Tarde Quente Williton Martinelli
Poesias Hoje é dia de adeus Williton Martinelli

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 28.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 55275 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 55251 Visitas
A Magia dos Poemas - Sérgio Simka 55246 Visitas
amor feito desejo... - natalia nuno 55245 Visitas
A margarida que falou por 30 dias - Condorcet Aranha 55232 Visitas
A calça preta - Condorcet Aranha 55220 Visitas
A FORMIGUINHA - Jonas de Barros Vasconcelos 55207 Visitas
Menino de rua - Condorcet Aranha 55207 Visitas
Amores! - 55198 Visitas
Decadência - Marcos Loures 55196 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última