Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
"uma flor de mandrágoras..."
Darwin Ferraretto

uma flor de mandrágoras
              
                      vestida de terras azuis

enlaça o   espaço das gavetas
                     e baila
nas linhas
                  de uma ode

beija o céu
                    de vozes
                                 rompe os olhos

uma flor de mandrágoras

                   claridade        negra

persiste   

inquieta solidão   de    acasos

cindir              o espaço
                      do           verso

rocha magmática
                               que brota

de um vulcão
                             de colibris

a boca
               borboleta de marfim

pousa

quietamente
                           num sol

de acarás bandeiras

aberto           
                   no silêncio

                            das   noites


Darwin Ferraretto 26/09/06
                  


Biografia:
Brasileiro, socialista. Solteiro. Poeta nas horas vagas e nas mais impróprias. Passado dos 40, dois filhos. BLOG. www.darwinf.wordpress.com
Número de vezes que este texto foi lido: 54865


Outros títulos do mesmo autor

Poesias "Mastigar silêncios abutres" Darwin Ferraretto

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 11 de um total de 11.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55169 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55169 Visitas
Decadência - Marcos Loures 55152 Visitas
A margarida que falou por 30 dias - Condorcet Aranha 55150 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 55145 Visitas
A calça preta - Condorcet Aranha 55144 Visitas
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 55134 Visitas
Amores! - 55132 Visitas
Menino de rua - Condorcet Aranha 55131 Visitas
Definida a final do Paulistão 2023 - Vander Roberto 55129 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última