Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A razão de eu continuar
O sétimo sentido
Wellison da Silva Ferreira de Souza

O sétimo sentido.
A razão de eu continuar.
Vivemos momentos que impactam nossa vida , e naquele momento sentir algo jamais
sentido e como explicar algo que não tem explicação e viverei para escrever essa história.
A chuva escorre na sacada aonde eu estou sentado na escada , com uma xícara de
café e ao meu redor tudo tem mais vida como o jardim cheio de plantas e flores diferentes,
o dia está no clima de 22° estou agasalhado com moletom velho que havia ganhado no
inverno passado, e estranho o clima em minha cidade de São Paulo estamos prestes a
entrar no verão e o clima é bem desequilibrado , aquela chuva com gotas finas que em
instantes faz que o jardim se encharque e o cheiro da chuva fica inevitável não aprecia no
ar, olho para o céu e vejo nuvens negras em direção ao norte , e isso me faz pensar que é
uma leve tempestade temporário que em momentos o sol surgirá , estou de frente a minha
casa um apartamento não muito espaçoso mas aconchegante , contemplo o clima e me
decidi entrar , sei cada móvel que tem no apartamento na entrada uma porta com cor
marrom com riscos que faz um desenho em formato de mosaico , e na sala de estar com
paredes claras no lado direito , um tapete bege como se fosse um ursinho de pelúcia, no
lado esquerdo um painel com decorações porta retratos de momentos que se eterniza não
envelhece nas fotos , um sofá e como estou em pé de frente a mim um espelho na parede
lilás, e foi naquele ato que o sétimo sentido fez sentido em minha vida, são 10:00 da manhã
eu tenho que limpar a sala ao decorrer do dia receberemos visitas uma festa de um familiar
nosso , e me deparei pensando que dias anteriores havia visto uma bela mulher com os
olhos claros que me deixou perdidamente apaixonado não tivemos um diálogo tão amigável
o máximo que aconteceu foi.
- Oi.
- Como você esta?
Ela hesitou e respondeu com uma expressão fechada.
- Oi.
Eu olhei para ela, olhei sua fantasia de comemoração da festa dos anos 60, sua
maquiagem forte que dizia; o canto da sereia.
Foi naquele momento que meus olhar perdido sem direção nenhuma , teve um
sentido , não conseguia explicar o que meu coração minha mente estava me lhe
proporcionou só respirei fundo e foi algo que se houvesse explicação seria “ O olhar que fez
o meu jeito de ver a vida com outros olhos simplesmente a direção para uma jornada ainda
não vivida”.
Novembro em um dia que a sensação de uma alucinação visual esteve presente em
minha vida , estava eu na sala sentado imaginando como seria o dia de hoje, de pessoas
sorrindo felizes conversando de algo que certamente não tem sentido somente palavras e
palavras , e como sempre acontece eu fico lá no canto isolado observando o movimento
indo para lá e para cá, mas , esse dia foi que eu tive a certeza que mesmo as possibilidades
de reaver aquela menina novamente seria impossível e estava errado nesse meu
pensamento sentado naquele sofá, uma imagem na minha mente fez eu visualizar o rosto
dela e me emocionei meu semblante não era mais o mesmo minha respiração havia
mudado e em frente aquele enorme espelho que eu chamo de “ O espelho dos delírios “, vi
um homem chorar, em sem soube explicar o que tinha acontecido,com os sentimentos dele
naquele momento como ele descreve isso que é “ O sétimo sentido “, ao caminhar para outro ambiente de sua casa , não muito grande , a cozinha que hoje ele a chama de “ visões
da xícara de café “ em breve entenderam do porque disto. Ele abre o armário não muito
novo um pouco usado revestido com cores vivas branco com um papel de parede marrom
nas divisões de portas, ele pega um copo para colocar água saciar sua sede , ele está em
constante brigas com sua emoção e razão por não ter ingerido aquela informação que seu
cérebro havia lhe dado. E ele vai em direção a sacada depois de presenciar o ato de
explosões de sentimentos, o sol já começa a aquecer o ambiente que é coberto de árvores,
plantas e flores. Já está dando a hora de ir se arrumar para a cerimônia de uma
comemoração de um parente que irá nascer em breve, entro me novamente a minha casa e
sai novamente repetidas vezes estou apreensivo ansioso agoniado para que o que ele
haveria visto fosse acontecer em instantes , ele não sabe como reagir a essa situação pego
me um cigarro e acendo sentado na escada olhando em direção aonde irá ocorrer a
cerimônia , ele ver cada pessoa entrando e saindo menos ela, faz um tempo que não há
vejo não consigo ter uma imagem de qual? Roupa estará usando de que cor será? Seu
batom de como é o penteado do teus cabelos, uma pausa de um segundo ele respira
sentado na escada de sua sacada ele olha e diz: “ nado nos teus olhos fazendo que eu
mergulhe na sua alma que ilumina meu caminhar”.
O tempo vai passando e as pessoas vão chegando pouco a pouco, seu batimentos
cardíacos incontrolável sua postura muda completamente, olho para todos os lados como
se houvesse uma bússola para direção certa, as palavras formam um pensamento na
mente que ao pensar no que dizer? Enquanto estou ainda sentado na escada, tentando
deduzir o que está por vim , o silêncio faz eu notar algo que possivelmente já tinha visto só
não prestei atenção, como há diversos tons de cores em um só jardim, e estou esperando
ainda. E não consigo ficar mais lá esperando as horas passar quais as chances de ela
aparece? Me questionou. Mas se eu tive uma alucinação que talvez fosse somente um
pensamento que lhe me trouxe uma imagem dela naquele lugar, sabe quando você ouve a
palavra intuição? Se isso existe vou saber hoje. E passeio pelo prédio nervoso vou me ao
portão principal e vou andar pela rua o tempo não está mais agradável com ventos frios,
estou com uma vestimenta aparentemente boa , uma calça desbotada vermelha uma
camiseta polo com suéter preto por cima, e um sapato social negro, o cabelo penteado e a
barba não feita, ao andar pela rua acendo um cigarro para amenizar a ansiedade na
expectativa de surpreende lá com minhas histórias sem fim, sem nenhum sentido para ela,
e sim somente eu entenderei por causa que só o tempo vai fazer dar sentido no que venha
a dizer. O pessoal chegou e se fez como faz na sala de aula cada um com seu grupo com
pessoas que terá uma conversa e trocará experiências e informações do dia dia e falar
como está a vida, e já estou decidido a entra na cerimônia nesse horário ela já deve estar
lá. Começou uma chuva moderada e não tem mais do porque não ir lá ver o que estar por
vim, ao entrar no prédio vejo, movimento , sons , de música e conversar , e revejo uns
familiares cumprimentos a todos mais na parte de fora do salão vejo que ela não está ,
então deve estar lá dentro , e o mais incrível que ela estava lá do lado de umas das janelas
, eu olhei para ela e uma pausa que fiquei ali sem reação alguma , não consegui falar me
mexer de tão surpreso de que eu estava certo tempo todo com minha alucinação do sentido
sem explicação, e fui em direção a ela sua maquiagem não tão forte desta vez, e aquele
olhar que eu nado neles em direção a paz profunda, única coisa que me venho na memória
em falar foi algo desnecessário , não estava no controle de mim mesmo meu auto
conhecimento sobre mim estava por fim, e isso me deixou muito feliz ao invés de tudo que pensei planejei em falar , saio naturalmente palavras por palavras , eu toquei uma das suas
mãos, meu rosto levemente encosta em uma das suas bochechas lhe dou um beijo suave
no rosto, e digo o que queria dizer o tempo todo.
- Oi como você está,sentir sua falta lembro da última vez que tenho te visto e você
não estava tão bem!
Ela respira pensando no que ia me dizer calculando cada palavra e diz:
- Eu lembro me de você , mas não lembro do seu nome, e como você está?
Eu simplesmente naquele momento vagueia em pensamentos o momento quando tínhamos
nos se encontrado e trocamos olhares e poucas palavras, tento em não deixar a conversa
desagradável em querer saber se ela já está comprometida porque vejo que em uma das
mãos tem um anel cor de prata que para mim significa “ em um relacionamento sério”, ficou
um pouco triste mas confiante mesmo se ela menciona que está em um relacionamento ,
vou fazer o assunto ficar assim com aquela sensação de querer saber o final da história ou
conversa. E olho dentro dos olhos delas que estão brilhando , e digo:
- O que quer que você faça na vida será insignificante mas mesmo assim faça porque
ninguém mais fará.
Uma frase de um filme mais comovente que tive o privilégio de assistir. Ela não entende do
porque eu disse aquilo para ela mas em seguida eu vou te explicar do que isso faz sentido
na minha vida, ela está quieta vejo que não é de muito de falar ao contrário de mim que sou
uma pessoa comunicativa ao extremo , então decidi que eu ia falar ela ouvir, quem não é de
se expressar muito gosta de ouvir as histórias ou experiência de outras pessoas, e quando
sinto que disse uma frase tão profunda há ela i ela não reagiu com uma comunicação direta
em responder, ou questionar do porque? Eu analiso suas experiências faciais ela dá um
sorriso leve sem muito aparentemente visto por outras pessoas somente quando está ,
olhando para seu rosto fixamente. E depois de notar tudo isto começou um diálogo que teria
o sabor de querer ouvir fazer tudo ao redor dela desaparece ou de marcar um encontro para
ela sabe como terminar. Mas ela estava insegurança e disse algo que não estava preparado
psicologicamente, em senti o som de cada palavra que ela venho a me falar e disse:
- Eu estou em um relacionamento.
Levantou uma das sua mãos aonde estava o anel até altura do seu nariz e fez que eu
olhasse para o anel, que ali eu usei minha inteligência emocional para saber lidar como uma
situação inesperada, se eu prossigo com o diálogo ou darei um fim, eu pensei em algo a
dizer e disse para eu mesmo se eu comentar isso ela não sorrir ou hesita o contato olhos
nos olhos , ou recuar é que ela está desinteressada em minha pessoa ou no que venha
falar em seguida que foi assim:
- Eu também estou em relacionamento não está vendo minha aliança invisível é que
nós ainda não fomos apresentados.
Ela em instantes sorrir, vejo como é lindo seu riso suas expressões de uma felicidade
momentânea. Ela entra na minha onda fica segura e confortável e responde de uma forma
engraçada.
- Quando vocês se encontrarem diga que mandei lembranças.
Eu simplesmente sorrio e digo:
- Acho que eu estou olhando para ela neste exato momento, então não sei o que ela
iria achar em saber que mulher invisível se fez presente no dia de hoje e está nos
alcance dos meu olhos. Novamente um sorriso envergonhada com uma palavra direcionada a ela tão profunda e ao
mesmo tempo gerando dúvidas em sua mente. Ela dá um suspiro que leva uns três
segundos faz um movimento para trás se sentindo pressionada, fica praticamente sem
reação alguma e olha profundamente em meus olhos e diz:
- Você está bonito.
Essas palavras fazem eu pensar que nesse momento essa minha pergunta direta não será
concedida e respeito mesmo assim, e faço o clima voltar a ser sereno, olhou ao meu redor e
quase todas as pessoas estavam olhando em direção a nos. Eu entro em outro diálogo
desta vez vou fazer ela se aprofundar nas histórias de um “ Fazendeiro estranho”, e que
venha a dizer será uma dúvida não tão detalhadamente explicada e só vai houver um ponto
de interrogação, e respiro fundo vejo que já estamos ali olhando um para o outro a muito
tempo e queria deixar ela descontraída se interagir comigo e não quisesse ir embora
enquanto eu me expressar, e falou bem assim está pronta para ouvir uma história que você
jamais esquecerá que quando você estiver na sua casa ou fazendo algo que você está
distraída e no seu subconsciente ouvirá minha voz e se recordará desta história que venha
a dizer agora, ela está um pouco tímida cruza os braços isso me deixa pouco triste não
queria que ela se fechasse enquanto eu contasse a história fictício de minha mente que tem
um pouco haver com a realidade que em questão de tempo, os movimentos a seguir serão
de surpresas e felicidades i interesse, e virou minha cabeça para trás e tem pessoas rindo ,
falando algo que não é tão importante , crianças correndo para lá e pra cá , familiares vem
em direção a nos e oferece algo para saciar nossa sede e fome, acho que eles perceberam
que o tempo havia parado para nos naquela conexão, e realmente estávamos ali há mais
de quarenta minutos e eu tive a sensação que foi apenas 10 minutos, e pensei quando isso
acontece que as horas passam sem você percebe é que dois corpos entra em uma conexão
que possivelmente é explicado que tudo desaparece no estalar de dedos em sua volta,
como fazer essa sensação refazer novamente? Eu penso que vou contar para ela uma
parte de minha vida que nunca disse antes para uma pessoa que apenas, sabe somente
meu nome. E começou com uma frase que havia escrito não no tempo passado não tão
distante.
- “ Por onde eu andar vou contemplar cada olhar que somente assim vou tentar para
de me questionar que enquanto estamos fixamente conectados só existirá apenas
nosso olhar”.
- A vida é feita de escolhas, não tão importante ou fascinante somente fazemos isso
para preencher o vazio que sentimos em está sozinho em um ambiente fechado se
sentir, triste isolado na verdade solitário, criamos coisas em nossa mente que talvez
esse vazio,seja preenchido com um pouco de amor, mas, não um amor duradouro
aquele passageiros que quando você estiver sentado em uma cafeteria, irá lembrar
daquele momento que momentaneamente fez você dar um leve sorriso, em pensa
que passou apenas uns messes e você guardou o bilhete feito em um papel
amassado com decorações de corações lhe dizendo “ você marcou minha vida “, e
só assim você recordará daquele dia e aquele vazio ainda não foi embora que era
apenas carência de afeto e palavras que não necessariamente você precisasse de
alguém para ser feliz , acredito eu que a felicidade é feita por diversas razões mais
que não você precisa se de uma pessoa, para ser feliz ou ser felizes que um
complementa o outro, eu penso que ser feliz é estar realizado com você como auto
controle e conhecimento e só assim você poderá se aproxima de alguém e compartilhar sua história e possível existir um sentimento entre os dois que seja
recíproco tanto o amor e a tristeza sabendo lidar com qualquer situação dividindo as
quedas e as lágrimas e sorrir quando acorda um dia e pensar não vivo mais sem
essa pessoa ela já se tornou muito importante para mim.
Ela estava com uma expressão de que jamais ouvisse algo tão profundo, que ela viajou
para sua imaginação suas palavras sua forma de ver como se define entre o amor e a paz
verdadeira. Ela se manipulava constantemente enquanto ele fazia o coração dela para com
cada palavra dita com frieza de sentimentos imortais, e assim ele deu uma pausa respirou e
olhou nos olhos dela brilhavam como a luz da lua em uma noite tão avassaladora. Seus
jeito de movimentar as mãos para mexer em seus cabelos tudo tão suave, seu riso leve,
parecia que para ela fosse o dia mais importante de sua vida em apreciar o conhecimento
de um menino que descreveu, cada forma de amar alguém de verdade e por um breve
período eu senti, que ela olhou para mim e desejou ter uma história comigo.


Biografia:
Frases e Poemas
Número de vezes que este texto foi lido: 28596


Outros títulos do mesmo autor

Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza
Poesias A razão de eu continuar Wellison da Silva Ferreira de Souza

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 27.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 48609 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39016 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 33070 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 32035 Visitas
Amores! - 32018 Visitas
Desabafo - 31638 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31401 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30773 Visitas
Faça alguém feliz - 30762 Visitas
Vivo com.. - 30413 Visitas

Páginas: Próxima Última