Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Pantanal
Rafael da Silva Claro

A Vênus Platinada, Poderosa, Plim-plim, Rede Globo irá fazer uma refilmagem da novela Pantanal. Qualquer semelhança com a realidade não será mera coincidência.

O folhetim foi um sucesso surpreendente da extinta rede Manchete. A audiência foi tanta, que suplantou as, até então, novelas globais. O enredo arrastado e o ritmo lento não espantaram o público porque a trilha sonora era muito boa e as imagens eram de uma beleza rara. O clima bucólico dava uma nostalgia até para quem só conhecia prédios.

O que a Globo não conta, é que ela não vai sucumbir ao algoz de outrora (novela Pantanal) à toa. A emissora e o estamento burocrático não conseguiram eleger quem faria o papel de presidente dessa vez. Antes, a “estratégia das tesouras” garantia que o PT e PSDB alternassem no poder. A quebra desse teatro trouxe a mesma instabilidade e revolta que o fim da escravidão gerou nos oligarcas e a quebra do pacto da República do Café com Leite trouxe a Minas Gerais e grupos de interesses.

Atualmente, a Globo é, talvez, o principal grupo de interesse. Antes, o governo federal repassava muito dinheiro; agora, a fonte secou. Resultado: jornalismo militante, todos os programas (exemplos: humor, esportes e programas de auditório) descendo a lenha no governo. O elenco não podia emitir opinião política; agora pode, contra.

A covid-19 arrefeceu, não atrai mais tanto o interesse da população, então o Pantanal será retratado em chamas. Lógico que assim ele está, mas o fato será antropogênico. Não tenho medo de elucubrar: vão politizar o Pantanal.

Com a patrulha do politicamente correto de olho nos limites permitidos, o diretor terá que produzir uma novela menos rústica que a de 1990. Menos, por assim dizer, pantaneira. A produção original era autêntica, roots, porque abusava de machismo (e outros “ismos”), homofobia (e outras “fobias”) e um portfólio extenso de grosserias e insultos, maior que a população de tuiuiús.

O remake têm toda atmosfera para ser uma versão nutella, um Pantanal meio “apartamento da Zona Sul do Rio de Janeiro”, “comercial de margarina”.

O Silvio Santos pode jogar terra no tererê da Globo, exibindo novamente a Pantanal “de raiz”. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 33765


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Fique em casa, cego, surdo, mudo e louco Rafael da Silva Claro
Crônicas Têm índios por aqui! Rafael da Silva Claro
Artigos A Marcha da Insensatez Rafael da Silva Claro
Artigos Ciro Chorou - 4 Elementos Rafael da Silva Claro
Crônicas Pura Paisagem Rafael da Silva Claro
Crônicas Bar do Barba * Rafael da Silva Claro
Crônicas Negócio da China Rafael da Silva Claro
Crônicas *FUTEBOL ⚽️ Rafael da Silva Claro
Músicas Inseto Insípido * Rafael da Silva Claro
Crônicas Pedro, apenas mais um youtuber ? Rafael da Silva Claro

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 70 de um total de 70.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Surpresa - Jackson Wesley 0 Visitas
NÃO TEM FIM O DESEJO - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
Dominar Tua Mente - Jackson Wesley 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior