Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ERA UMA VEZ... O UNIVERSO DA IMAGINAÇÃO
Tânia Du Bois

Era uma vez... Contar histórias para a criança é uma arte. Nada é mais mágico que a imaginação da criança. Ler com a criança ao lado é uma ótima oportunidade de estreitar laços familiares e ainda incentivá-la a dar asas à imaginação. É o momento em que a criança percebe que os adultos sentem e pensam como ela.
     Ouvir histórias, essa postura faz com que a criança sinta que está tendo a chance de sonhar acordada. Ao liberar as suas fantasias, a criança compreende o mundo em que habita e aprende a lidar com as suas emoções. Cada personagem apresenta um significado para o desenvolvimento do universo infantil.
     Outro papel na arte de contar histórias é o de contribuir para a criança aprender a lidar com a realidade de forma lúdica e a exercitar a capacidade de aceitar a vida, o amor, a morte e os conceitos éticos, ajudando-a a entender o que parece inexplicável.
     Era uma vez... A arte está em a criança imaginar e perceber que o livro é interessante e mágico, um momento todo seu.
     Era uma vez, uma criança nascida na Rússia, em 1919, que desde os seus 10 anos de idade mora no Brasil. Quando jovem, vivia no meio dos livros e seu pai foi um grande contador de histórias. Então, Tatiana Belinky tornou-se a maior contadora de histórias infantis e re-contadora de contos populares. Sempre teve paixão em divulgar a literatura, a poesia, a linguagem e a leitura. Com dedicação, entrou para o mundo da literatura infantil, promovendo a leitura e o livro através do teatro.
     Tatiana dirigiu a primeira adaptação do Sítio do Pica Pau Amarelo, de Monteiro Lobato, em 1951, para a TV Tupi. Recebeu o Prêmio Jabuti – Personalidade Literária do Ano 1991. É escritora de literatura infantil, com mais de cinqüenta livros publicados. Seu primeiro livro foi “Limeriques da Cocanha”, onde ela explora o imaginário daquela terra inexistente:

                    “A vida ali é um deleite
                    Suave tal qual puro azeite
                    Na bela Cocanha
                    O povo se banha
                    Em rios de mel e de leite.”

     Belinky aos 89 anos é uma adorável contadora de histórias, encanta platéias infantis e nunca se sente só. Como disse, sempre está acompanhada da sua imaginação, cujo estímulo é fundamental para o desenvolvimento da criança.


Biografia:
Pedagoga. Articulista e cronista. Textos publicados em sites e blogs.Participante e colaboradora do Projeto Passo Fundo. Autora dos livros: Amantes nas Entrelinhas, O Exercício das Vozes, Autópsia do Invisível, Comércio de Ilusões, O Eco dos Objetos - cabides da memória , Arte em Movimento, Vidas Desamarradas, Entrelaços,Eles em Diferentes Dias e A Linguagem da Diferença.
Número de vezes que este texto foi lido: 28849


Outros títulos do mesmo autor

Artigos O BELO É SENTIR O HOJE Tânia Du Bois
Artigos Mestre BEZ BATTI: TRADUZINDO A ASPEREZA DA PEDRA Tânia Du Bois
Artigos O SIGNIFICANTE EM CARMEM PRESOTTO Tânia Du Bois
Crônicas “O QUE VALE É A AMIZADE” Tânia Du Bois
Artigos O TEMPO NÃO APAGOU Tânia Du Bois
Artigos A CIDADE DE JOÃO NINGUÉM Tânia Du Bois
Artigos O QUE FAZ VOCÊ FELIZ? Tânia Du Bois
Artigos COMO O AVULSO DAS LUZES DO SOL Tânia Du Bois
Artigos ERA UMA VEZ... O UNIVERSO DA IMAGINAÇÃO Tânia Du Bois
Artigos PORTAS ABERTAS Tânia Du Bois

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 331 até 340 de um total de 340.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Jesus - Hélder dos Santos da Glória Duarte 0 Visitas
Minha Terra - Hélder dos Santos da Glória Duarte 0 Visitas
Escrever - Hélder dos Santos da Glória Duarte 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior