Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Joel Lima da Fonseca

Vibrante massa
Acalorados discursos
Brados e   mágoas. Atos escusos!
     
Oponentes, céticos à melhoria da educação e da saúde, dos investimentos na tecnologia e na ciência, infra estruturas e programas sociais.
O crescimento e o desenvolvimento do país em ascendência,
haveríamos de ter ainda mais!

Gigante pela própria natureza, em suas grandes riquezas naturais! Mais de 500 anos, o povo guerreiro, laborioso, destemido.
A perpetuação de descomunais indiferenças,e os filhos deste nosso chão, tão sofridos!
Por que renegas as mãos calejadas, fizeram te esquecer o suor de cada jornada, de quem lhes dera toda esta seara?

Este solo que apetece a todos, e este mesmo todo, não tiveram a mesma sorte.
Segregada a nação, avultada indiferença alimentada pelo ódio e pela cobiça.
Escraviza o homem, suscita a morte, o clamor pela justiça!

Para alcançar a tão sonhada nobreza, favoreça a Justiça social. Prosperai por todas as gerações, sucessões de netos;
A Cesar o que é de Cesar, triunfai com honras e méritos!

Neste caos social, aquecido pelos grandes movimentos, embora tiveste
noutros tempos, benévolos intentos!
Em meio a tantas lutas e repulsas, não vislumbrou nosso povo, alento!

Num país que seria para todos, hoje, para quase todos, as benesses se tornaram
Quase ausentes.
Sacrifícios se fazem necessários, e que sejam feitos de forma justa, consciente!

Perpetuam-se os velhos modos da política tradicional
Gestores intencionados, versando ações cítricas,verdadeiros laranjais
As Estatais por vezes ignoradas, deixando-as em situações críticas,
Impelindo a população a desfazer-se dos patrimônios públicos
Cedendo   às inúmeras cobiças.....

Nas clarividências, são tencionados ao pseudo crescimento, em breve, cofres abaulados.
Disfarçadas riquezas, advinda de um Brasil privatizado, acentuando-se a pobreza.
Patrimônios esvaziados, apartando-se dos planos de desenvolvimento econômico e sociais outrora planejados!

Nos Movimentos denominados ‘’Coxinhas’’ , nas lutas constantes por um Brasil melhor,de certa forma,não acomodados! Cheios de desejos, esperançosos, ilusionados!
Melhor pecar pela ação do que pela omissão! E, nesta mídia perversa, de forma orquestrada, subserviente ao capital, divide-se uma nação, conduzindo toda a massa à manipulação!

Acautelais-vos, reconheçais de fato, quem
são os verdadeiros joios.
Lembrai do bom trigo ceifado, e a todos partilhado.
Não apresses a ser untado, submetais ao bom sabor, e ao alimento saudável!
Nestas lutas demasiadamente escaldantes, nas manifestações de ruas e redes sociais,
a sede pelo poder, poderá sujeitar-se a gorduras saturadas
, transvertidas em azeites

‘’Comerás o pão com o teu suor’’.
Pão sagrado, é o pão partilhado.
O pão do a amor e da justiça!
                                                                                                                ( J L )



Biografia:
Joel Lima

Mineiro uai

Minas Novas MG

Este texto é administrado por: Joel Lima
Número de vezes que este texto foi lido: 190


Outros títulos do mesmo autor

Poesias LEVEZA DA ALMA JOEL LIMA DA FONSECA
Poesias VENTANIA JOEL LIMA DA FONSECA

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 21 até 22 de um total de 22.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
CONSCIÊNCIA NEGRA - Flora Fernweh 2 Visitas
Ser - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Devaneios, Apenas - nute do quara 2 Visitas
JARDINS - Flora Fernweh 2 Visitas
Colidir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
TEMPO - Flora Fernweh 1 Visitas

Páginas: Primeira Anterior