Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
31 DE MARÇO:
PARA LEMBRAR, OU PARA ESQUECER... COMO QUEIRAM!!!
SALETI HARTMANN

Resumo:
Historicamente falando, o dia 31 de março ficou registrado como o golpe militar de 1964. Porém, quem vivenciou aqueles anos, sabe que também tem outra conotação. A de resgatar o Brasil do caos que estava se instalando naquela época, dentro de um contexto, para muitos, de terror, e para outros, de alívio. Hoje, a data é lembrada tanto com amor quanto com ódio. O que precisamos, é de respeito pelos dois tipos de vivências/experiências, dois tipos de ideologias, dois tipos de memória. Hoje,, mais do que tudo, precisamos resgatar o RESPEITO também por estas diferenças. Portanto, 31 de março: para lembrar, ou para esquecer...



ESTAMOS MUITO DIVIDIDOS. DIRIA, MORTALMENTE DIVIDIDOS, EM TERMOS DE HISTÓRIA, DE RESPEITO E DE IDEOLOGIAS.

ENQUANTO PARTE DO NOSSO POVO CULTIVA VALORES E DATAS REFERENTES A UM TIPO DE IDEOLOGIA, A OUTRA METADE CULTUA ENSINAMENTOS ADQUIRIDOS NAS ESCOLAS - SIM, NAS ESCOLAS!!! - A RESPEITO DE UMA HISTÓRIA REINVENTADA ÀS CUSTAS E AO OLHAR DE UMA DETERMINADA IDEOLOGIA.

31 DE MARÇO, É UMA DATA QUE APRENDI A LEMBRAR COMO DATA DE UM PROCESSO DE RESGATE DO NOSSO PAÍS DA INSTALAÇÃO DO CAOS E DE UMA SITUAÇÃO SEMELHANTE À DA VENEZUELA ATUAL.

NÃO LEMBRO COMO DATA DE GOLPE MILITAR, PORQUE NÃO FOI GOLPE MILITAR. OS LIVROS REALMENTE SÉRIOS SOBRE A ÉPOCA FAZEM RELATOS FIÉIS À SITUAÇÃO POLÍTICA, ECONÔMICA E IDEOLÓGICA DE 1964.

PELA MEMÓRIA DAS PESSOAS QUE VIVERAM A ÉPOCA E NÃO A IDEALIZARAM ATRAVÉS DE IDEOLOGIAS, PELA MEMÓRIA DE MEU PAI, QUE ERA SOLDADO DE FÉ, HEI DE LEMBRAR DO DIA 31 DE MARÇO COMO UM MARCO NA DIREÇÃO DO GRANDE PAÍS QUE SOMOS HOJE, A DESPEITO DE TODAS AS CRISES E DESAFIOS QUE, NOVAMENTE, NOS FORAM LEGADOS POR IDEOLOGIAS MARCADAS PELA FATALIDADE DE IMPLANTAR, NO MUNDO TODO, ONDE DOMINAM, A POBREZA, A MISÉRIA E O MEDO.

MEU CORAÇÃO SE ENTRISTECE, AO INÉS DE SE ALEGRAR, PORQUE ESSA LEMBRANÇA CÍVICA TROUXE DIVISÃO FAMILIAR, TRAZ DIVISÕES SOCIAIS, PORQUE A HISTÓRIA NÃO ESTÁ SENDO CONTADA PELO VIÉS DA VERDADE PARA OS NOSSOS JOVENS, QUE NÃO TÊM EXPERIÊNCIA E NEM A CONSCIÊNCIA DE TUDO O QUE ENVOLVE AS MENTIRAS QUE ACABAM SE TRANSFORMANDO EM VERDADE PELA FORÇA DE UMA IDEOLOGIA.

SALVE 31 DE MARÇO! EU ERA UMA JOVEM, E SEMPRE ACOMPANHEI A HISTÓRIA DESTE PAÍS, ATRAVÉS DE PESSOAS, DOCUMENTOS E LIVROS CONFIÁVEIS E DE GRANDE NOBREZA E LEALDADE AOS FATOS, PORQUE ESCRITOS POR QUEM NÃO TINHA OUTRO INTERESSE A NÃO SER O DE REGISTRAR O MOMENTO VIVENCIADO PELA NOSSA NAÇÃO.

BOA NOITE!
A TODOS!!!!
A QUEM LEMBRA, E A QUEM ODEIA...

TALVEZ UM DIA, TALVEZ... VOLTAREMOS A NOS ENTENDER E RESPEITAR COMO SERES CIVILIZADOS QUE SOMOS, EM NOME DA VERDADE E NÃO DAS IDEOLOGIAS.

SALETI HARTMANN/PROFESSORA E POETA
CÂNDIDO GODÓI-RS
30/03/2019


Biografia:
Saleti Hartmann nasceu em 28/07/1958 em Cândido Godói-RS, e já na adolescência começou a escrever. De lá para cá tem 8 livros publicados, divulgando suas poesias, crônicas e artigos, que falam sobre a Paz, Educação, e um mundo sem drogas e violência. Tem 59 anos. Solteira. Acredita na Civilização do Amor. Participa de Antologias poéticas em várias regiões do país, tendo recebido prêmios em alguns concursos literários. Saleti é Professora, Pedagoga e Psicopedagoga, além de Poetisa. Ama a leitura, a natureza, música e pessoas sensíveis à fraternidade humana.
Número de vezes que este texto foi lido: 33767


Outros títulos do mesmo autor

Poesias CORAÇÃO DE LEÃO SALETI HARTMANN
Crônicas MEU MELHOR POEMA SALETI HARTMANN
Crônicas PANDEMIA E CARIDADE SALETI HARTMANN
Poesias FALTA UM TOM NA ORQUESTRA DA VIDA SALETI HARTMANN
Poesias INFÂNCIA SALETI HARTMANN
Crônicas SOBRE O COVID-19 SALETI HARTMANN
Poesias UM SIMPLES "TE AMO" SALETI HARTMANN
Crônicas "QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO." SALETI HARTMANN
Artigos O ENSINO RELIGIOSO ATRAVÉS DE VALORES SALETI HARTMANN
Crônicas TIRADENTES! SALETI HARTMANN

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 72.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 34942 Visitas
A Carta Gelada - José Rony de Andrade Alves 34926 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 34919 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 34877 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 34860 Visitas
Pou, a Majestade Não-Zoombi - Alice Silva 34807 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 34801 Visitas
Conexão - Luca Schneersohn 34772 Visitas
Tempo - Luiz Fernando Sacramento Lusoli 34681 Visitas
A tristeza no Nordeste - Wanessa Daiana de Brito 34679 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última