Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
BAILARINA
Gabriel Groke

Sinto seu cheiro
Faltando no corpo
Sinto em meus poros
Deixe-se levar pelo meu sal, meu mar, meu Sol
Mel, calor, torpor
Mesmo sem você, acho que estou indo bem
Um carvalho em meio à rotina das estações
Âncora, esperando pouso leve
Suas asas me aprovam
Na sua rocha sólida, escudo, correm tuas águas
Diga-me sim
Bailarina
Confie em mim
Sua felicidade é o meu jardim.


Biografia:
Ilustrador, designer, músico, letrista, astrólogo.
Número de vezes que este texto foi lido: 136


Outros títulos do mesmo autor

Poesias VOZES Gabriel Groke
Poesias ACONTECE Gabriel Groke
Poesias BAILARINA Gabriel Groke
Poesias CALOR Gabriel Groke
Poesias CÉU Gabriel Groke
Poesias 4 ELEMENTOS Gabriel Groke
Poesias DIMENSÕES Gabriel Groke
Poesias CONCHA Gabriel Groke

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 18 de um total de 18.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
Vivendo - Elvis Silva Albuquerque 18 Visitas
Suas Palavras. - Alexandre Marcondes 18 Visitas
- Amanda 15 Visitas
O Rei e sua Rainha. - João Figueiredo Pereira 15 Visitas
VINHAS - Tércio Sthal 13 Visitas
- Amanda 12 Visitas
Tá doendo aqui! - Rylian 11 Visitas
O ser mais obscuro e desconhecido, Eu. - Marcos Vinícius de Oliveira Monteiro 7 Visitas
Nada cicatrizou - Stephany Araujo 6 Visitas
Um resumo da vida - Marcos Vinícius de O. Monteiro 5 Visitas

Páginas: Primeira Anterior