Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ANTI-HORÁRIO
Ricardo Cunha Costa

ANTI-HORÁRIO

Em vão giro os ponteiros ao contrário
Como se assim pudesse voltar tudo...
O mundo continua aqui, contudo,
Agora é menos belo e extraordinário.

Folheio sem interesse o calendário
Visto que nem dos dias mais me iludo:
Sigo entrando calado e saindo mudo,
N'esse afã de fazer tudo no horário.

Contra o relógio se anda pela vida
Apesar de saber já de saída
Que o tempo sempre vence no final.

De facto, aproximando a hora da morte
Pela noite o tic-tac ecoa forte
Enquanto a vida passa quase irreal.

Betim – 05 04 2017


Biografia:
Escrevo. Gosto de escrever. Se sou escritor ou poeta, eu deixo para o leitor ponderar.
Número de vezes que este texto foi lido: 38


Outros títulos do mesmo autor

Sonetos AMONTILADO Ricardo Cunha Costa
Sonetos ANTI-HORÁRIO Ricardo Cunha Costa
Sonetos ANAMNESE Ricardo Cunha Costa
Poesias O MONGE E A SERPENTE Ricardo Cunha Costa


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 181430 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 131683 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 131081 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 127240 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 66323 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 55526 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 53998 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 53419 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 52614 Visitas
Piscianas, as mulheres mais próximas dos sentimentos. - Nandoww 49836 Visitas

Páginas: Próxima Última