Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ANAMNESE
Ricardo Cunha Costa

ANAMNESE

Sinto como se houvesse algo a fazer,
Mas não soubesse ainda ouvir sem susto
Palavras n'um sentido mais robusto
Dizerem dos segredos em meu ser.

Chega ao ponto em que para m'entender,
Seja preciso qu'eu me lembre justo
Aquilo que esqueci com muito custo
E preferia mesmo não saber.

Contudo, estão em mim n'algum lugar
As memórias que tenho-de alcançar,
Sob pena de perder-me enfim de vez.

Pois só essa lembrança tão molesta,
Que apesar dos pesares mais se presta
A me trazer de novo lucidez.

Betim – 30 03 2017


Biografia:
Escrevo. Gosto de escrever. Se sou escritor ou poeta, eu deixo para o leitor ponderar.
Número de vezes que este texto foi lido: 163


Outros títulos do mesmo autor

Sonetos ANTICLÍMAX Ricardo Cunha Costa
Sonetos REBOSTEIO Ricardo Cunha Costa
Sonetos O NOME DAS CORES Ricardo Cunha Costa
Sonetos AMONTILADO Ricardo Cunha Costa
Sonetos ANTI-HORÁRIO Ricardo Cunha Costa
Sonetos ANAMNESE Ricardo Cunha Costa
Poesias O MONGE E A SERPENTE Ricardo Cunha Costa


Publicações de número 1 até 7 de um total de 7.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
Amei! Que droga! - Fabiano Vaz de Mello 207500 Visitas
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 181971 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 141542 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 141351 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 127632 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 66718 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 57984 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 56520 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 56320 Visitas
Entenda de uma vez por todas o Hino Nacional - Fabbio Cortez 56124 Visitas

Páginas: Próxima Última