Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A vitoria da Anarquia.
Os anarquistas conseguiram dominar o mundo!
Gian Felipe de Camargo

Resumo:
Durante anos os Anarquistas vieram tentando derrubar o poder atual, e dessa vez eles conseguiram, só não imaginavam que tudo estava prestes a dar errado!

Existia um grupo de Anarquistas do século 21 que defendiam a extinção do governo e da polícia, pra eles nada disso era preciso, pois o povo quem deveria de gerenciar suas contas, suas regras, e sua segurança privada.
Durante anos o grupo lutou para derrubar o poder, e mostrar que o mundo não precisa de "domadores" nos dizendo como agir, até que um dia conseguiram.
Era um fim de tarde nublado, e um movimento em todo o país de anarquistas decidiram fazer tumultos em frente de todo prédio do poder, em prefeituras, assembleias legislativas, delegacias de polícia e até claro, no palácio do planalto, aquele foi um dia de muita guerra, policiais contra anarquistas, vidros quebrados, bombas explodindo, carros incendiados e pessoas morrendo nas ruas. Era um dia de guerra nacional, e que se estendeu por uma semana e meia.
Após governantes, policiais e anarquistas terem presenciado amigos e familiares mortos devido a guerra, eis que sobe uma bandeira branca! O governo federal entrega o país na mão do povo anarquista, em troca de acabar com toda essa guerra! Eis que os policiais então abaixaram as armas, e não tiveram mais poder de fogo contra os rebeldes, alguns conseguiram fugir, outros foram torturados e mortos pelo grupo Anarquista. Agora tudo parece estar indo bem, pois era isso que o povo queria, derrubar o governo, e conseguiram! Bandidos eram presos e torturados pelo próprio povo, o dinheiro do trabalho de cada um era revertido a si próprio, tudo parecia estar indo mil maravilhas.
Dentro de meses começaram a surgir algumas brigas por todo o canto do país, pois ladrões que eram grandes aliados no movimento não eram punidos, grandes chefões trabalhavam o mesmo período que um pobre homem da classe C e ganhava dez vezes mais, o sistema de saúde começou a entrar em colapso, os bancos começaram a entrar em greve por falta de estímulos de trabalho, todos começaram a ter ciúme um dos outros, pois muitos não se davam tão bem nessa nova vida.
Depois de alguns anos, os grandes trabalhadores se deram conta que trabalham duro, e o resultado de seus trabalhos eram revertidos também a aqueles que trabalhavam tão pouco ou quase nada... As pessoas então decidiram fazer uma comissão, e definir entre eles quem ia ser o "poderoso chefão", que ia determinar algumas regras para não haja conflito entre ninguém da população, logo após também foi decidido que alguns chefões grandes que presenciaram o movimento iriam decidir quem deveria ser punido... E sem perceberem já haviam recriado novamente outro governo, idêntico ao que eles haviam destruído.


Biografia:
Gian Camargo, um jovem de classe media / baixa da cidade de Sorocaba com muitas ideias para "botar no papel"...Whats: 015998511917
Número de vezes que este texto foi lido: 404


Outros títulos do mesmo autor

Discursos Redição da maioridade penal Gian Felipe de Camargo
Roteiros A vitoria da Anarquia. Gian Felipe de Camargo


Publicações de número 1 até 2 de um total de 2.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 182806 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 148883 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 148474 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128330 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67386 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 64808 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 58844 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 58673 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57547 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53555 Visitas

Páginas: Próxima Última