Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Será?
Vitoria Sales Costa

Era seu primeiro dia na escola, Olivia estava nervosa, ela se olha no espelho, as vozes da sua baixa autoestima se assustam, Olivia, é baixa, corpo definido, seus cabelos são longos lisos e ruivos, seu rosto tem pequenos toques de pintinhas, mas isso sempre a incomodava.. Seus olhos eram verdes, ela usava um óculos redondo grande que caia super bem em seu rosto.

Olivia escolheu sua roupa, ela pegou uma calça jeans preta que mostrava as curvas de seu corpo, e vestiu uma blusa grande de uma banda de rock. Ela prendeu seu cabelo em formato de um coque se olhou no espelho e falou:

Vamos la ne, o que pode acontecer? Finalmente é meu ultimo ano, nada de ruim vai me acontecer. Vai ser um bom ano Olivia, não seja estranha.

Olivia chega na escola, ela procura seu armário, então ela o acha, vai ate ele, ela organiza seus livros, ate que um menino alto, de cabelos pretos, olhos castanhos escuros, porte físico de atleta. Ele chega ate em Olivia e diz: - Ola, esse armário é meu! Diz com um sorriso sem graça. Olivia olha para ele, ele estava vestindo uma calça jeans preta rasgada, uma blusa de banda de rock so que diferente de Olivia. Ela fica encarando ele sem entender ele, e so diz: - Esse armarr-marr-io é meu impossível ser seu. Olivia gaguejou de nervoso pois nunca tinha visto uma coisa mais linda na sua vida.

O rapaz sorri e coloca a mão na nuca pensando no que poderia resolver. Coração de Olivia dispara em ver aquele sorriso com aquela covinha. Então Olivia diz: - Vamos no diretor resolver isso.. Olivia sai andando, ele a segue, ela so para os dois param um de frente ao outro coladinhos, ambos olham um no olho do outro, Olivia se afasta mediamente, e o pergunta: - Afinal, qual é seu nome?? Faz gesto abrindo os braços.. O rapaz sorri, então diz: - Me desculpe, meu nome é Guilherme Souza ele estende a mão para cumprimentar, ela pega na mão dele grandes e grossas, Olivia Grey.

Então eles resolveram o lance do armário, Guilherme ficou com o armário do lado de Olivia. Olivia foi para a aula, ela estava cabisbaixa rabiscando o caderno, ate que Guilherme entra na sala, e senta do lado dela, ele pergunta o que ela esta fazendo, ela fala que não é nada e fecha o caderno. O professor faz diversas perguntas durante a aula, Olivia acerta todas, Guilherme so ficava observando ela, vendo o quanto ela era bonita e inteligente, ate que ela olha pra ele, sorri pra ele, ate que percebe tal ato, fica toda vermelha e se concentrou de volta, Guilherme ri alto, e o professor, pergunta qual era o problema, ele olha para ela, ela esta mais vermelha, e diz que não era nada.

Olivia pega seu livro para ler durante o almoço, ela estava lendo 365 dni, mas estava usando uma capa falsa de A barraca do Beijo.

Guilherme chega de repente dando uma baita de um susto em Olivia, ele ri. Ela diz que não tinha graça. Ele pergunta: - O que esta lendo? Ela mostra o livro, ele percebe que era uma capa falsa, então ele toma o livro da mão de Olivia, e estava justamente na parte do barco. Olivia sai andando de vergonha. Ele a pega pelo braço com jeito, uma das coisas de fetiche de Olivia, e devolve o livro e pede desculpas, ela o pega. Joanne, a menina mais bonita da escola, Loira, alta, olhos azuis feito o mar, corpo esbelto, popular, odiava Olivia, pois la no fundo, ela sabia que Olivia era mais bonita que ela. Então ela teve o plano de seduzir Guilherme, pois ela percebeu o olhar de Olivia para Guilherme. Olivia saiu e então quando olha para trás, vê Joanne conversando com Guilherme com seu jeito patético de seduzir os garotos. Ela o escuta ele chamando ela pra sair.. Coração de Olivia palpita, ela segue em frente.

Os dias na escola foram seguindo Olivia se concentrou para não deixar esse sentimento crescer, mas Guilherme sempre puxava assunto com ela, soltava seus cabelos esbeltos, que sempre estavam cheirosos e o cheiro se espalhava para a sala toda, Olivia não resistia. Olivia iria se apaixonar por Guilherme. Mas parecia que Guilherme estava com Joanne, os dois trocavam beijinhos, abraços e tudo, Guilherme pediu Joanne em namoro na frente da escola, Joanne iria recusar, mas na hora que ela viu os olhos de Olivia se encherem de lagrimas, ela aceitou na hora.

Olivia correu para o banheiro, pois não tinha nem uma amiga na escola, ela era sozinha, e começou a chorar de soluçar ela não entendia oq estava acontecendo, ela so tinha 17 anos, e todo aquele sofrimento por causa de um garoto. Ate que bateram na porta, ela abriu, uma menina mais baixa que Olivia, de cabelos cacheados, um pouco gordinha, olhos verdes, a abraçou imediatamente, e Olivia se sentiu tão acolhida naquele momento, a menina falou que se chamava Tamara, e perguntou o que havia acontecido, Olivia não confiou e falou que não era nada, e então Tamara, passou seu WhatsApp para Olivia, deu um sorriso e saiu. Olivia achou que era uma oportunidade de ter uma amiga. Então quando chegasse em casa, iria chama-la.

Olivia ignorou totalmente Guilherme na sala, pois se ele visse ele, e visse a aliança, iria começar a chorar ali mesmo. Guilherme percebeu que Olivia estava triste, então a deixou quietinha.

Olivia chegou em casa, fez todos os seus deveres, e chamou Tamara, ela conversou o dia todo com Tamara, ela era excelente, Olivia ficou um pouco feliz, por talvez ter achado uma colega, ate que chegou uma mensagem de Guilherme: - O que aconteceu? Esta com raiva de mim? O que eu fiz? Coração de Olivia disparou totalmente se perguntando se falava ou não a verdade, então ela mentiu - Não! Você não fez nada, só não estava bem e não queria conversar. E enviou a mensagem e uma lagrima escorreu...



Se passaram um mês, Olivia estava totalmente normal com Guilherme, mesmo que aquilo estava doendo, mas ela estava normal com ele. E Joanne estava la.

Ate que os dois brigaram, pois ele viu fotos de Joanne traindo ele, ele jogou a aliança na cara dela e saiu, Olivia saiu correndo atras de Guilherme pedindo para ele se acalmar. Ele vem e a abraça, e ele começa a chorar, ele faz carinho em seus cabelos, e diz que vai ficar tudo bem, que ela esta ali por ele e pra ele.

Os dois começaram a sair bastante, foram no shopping, brincavam, dançavam na pista de dança ate que ele diz – A famosa pista de dança que você estava lendo ne ele gargalha e ela o empurra de leve rindo. Os dois dançam la. Comem Burger King, ela coloca as batatas no meio do hamburguer ele olha estranho pra ela, e ela diz que é muito bom que ele devia experimentar, ele experimenta, e fala que é muito bom. Ela passa a batata no sorvete e come, ele faz o mesmo foi um dos melhores dias para Olivia.

Ela chega em casa, ela sente uma excitação tao grande, de lembrar os momentos, cada toque dele em Olivia, que ela colocou sua calcinha de lado e começou a se tocar pensando em Guilherme, mas mal sabe Olivia, que Guilherme estava fazendo o mesmo pensando em Olivia, em seu cheiro, seus olhos, cada detalhe seu o deixou excitado.

Ambos se encontraram na escola se abraçaram e sorriram sem graça um pro outro como se soubesse o que cada um tinha feito. Na sala de aula tinha que sentar em dupla, Olivia estava com uma blusa um pouco decotada, então quando ela foi pegar uma coisa que estava ao lado de Guilherme, seus seios apareceram, Guilherme olhou, e seu cheiro veio junto, Guilherme ficou excitado dentro de sala e seu coração disparava, Olivia viu aquele volume em sua calça e seu desejo era sentar ali e deixa-lo louco por mais que era virgem, ela sabia o que fazer. Ele viu que ela viu, ambos ficaram sem graça, ele pediu para ir no banheiro, ele precisava liberar, pois naquele momento, ficar perto de Olivia iria ser impossível.

Guilherme percebeu que estava sentindo algo por Olivia, aquele jeitinho fofo, inteligente, único dela, o encantou.

Olivia o chamou para ir no cinema para assistir Annabelle o ultimo, ele aceitou, formos.

Olivia foi sem óculos, colocou uma lente, soltou seus cabelos, colocou uma saia xadrez justa, um cropped do gun’s n roses e uma meia que vai ate suas coxas e um coturno de coro preto.

Guilherme, colocou uma blusa do gun’s n roses preta, uma calça branca e um tênis estilo skatista preto.

Ambos chegaram se olharam viram a blusa e riram, compraram os ingressos, e entraram para a sala.. Olivia estava nervosa, se iria acontecer alguma coisa ali dentro, pois ela queria muito beijar ele, ate que ela sente o braço dele indo em volta dela, ela olha para ele, ele já estava vindo em direção dela, e a beija, corpo de Olivia, entra em choque, ela nunca beijou alguem, que o beijo se encaixou tanto, Guilherme teve o mesmo pensamento. Quando se afastaram para se olhar, Olivia viu que Guilherme estava excitado, então ela teria a chance de realizar um fetiche seu. Ela o beijou, e abriu sua calça, ele a afastou e ficou tipo ‘’ O que esta acontecendo? ‘’ Ela so sussurrou em seu ouvido: - confia em mim. Ela tira para fora seu pau duro e começa a bater uma pra ele, ela fica meio perdida, então, ele a ajuda, a direciona como faz ela sorri ele também, ambos se beijam, e ela continua fazendo cada vez mais rapido. Ate que ele a pega pelo cabelo e a coloca para chupar ela ama a sensação de chupar ele, no começo ela não sabe muito bem o que fazer, mas rapidinho ela pega a pratica, ela o chupa bem gostoso no escurinho do cinema, ela beija a sua cabecinha, ela lambe, ele goza em sua boca, ela engole e volta a chupa-lo ela sabia que seria ele. Que seria ele que ela confiaria..

O filme acabou, ele perguntou se queria ir pra casa dele, ela disse que sim, então eles estavam no quarto dele, ela estava sentada no colo dele, os dois estavam se beijando loucamente, ate que ela fala pra ele: - Eu sou virgem.. Ele diz: - Não tem problema, tudo vai no seu tempo. Então ela diz: - Eu quero agora. Ele sorri. Ele tira sua blusa, se depara com seus belos peitos com um sutiã preto todo rendado, ele beija seus peitos e tira o sutiã e chupa seus mamilos. Ela tira a camisa de Guilherme e ve aquele corpo parecido que era esculpido, e diz: - Que sorte a minha! Então ele diz: - Não Olivia, eu que tive sorte deste o momento que tivemos o mesmo armário.

Ele foi tirando cada peça de roupa dela, ele deitou encima dela e perguntou se ela estava pronta então ela diz: - Eu confio em você e sim, eu estou pronta!

Ele foi enfiando seu pênis devagarinho em sua vagina pra não machucar, ela solta um gemido, ele foi indo mais e mais, ate que ele viu que ela estava confortável, ele se soltou, foi indo rápido e rápido, os gemidos de Olivia o deixava louco, então cada vez mais ele ia mais rápido, Olivia estava louca de tesão que trocou de posição, deu tapas na cara de Guilherme, segurou o pescoço de Guilherme enquanto ele fazia todo o trabalho, Olivia goza em Guilherme, e Guilherme goza na camisinha.

Ambos deitam na cama e se olham, ele beija ela, e ela beija ele.

Será um começo um romance? Será que Guilherme confundiu seus sentimentos so na hora e so quis sexo? O que pode acontecer? Talvez em breve podemos descobrir...


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 208


Outros títulos do mesmo autor

Romance Será? Vitoria Sales Costa


Publicações de número 1 até 1 de um total de 1.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 76109 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 62050 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50302 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 50062 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49622 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49285 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 49003 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48819 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48795 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48242 Visitas

Páginas: Próxima Última