Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
FLORES DE FERRO 8 IND 12 ANOS
DE PAULO FOG
ricardo fogaça

Resumo:
BOM


             Débora chega num trenó coberto guiado por 12 cães da neve.
      Gerádia recebe a rainha ali na entrada do castelo, logo lhe é servido um bom lanche com tortas, bolos e frios.
      Débora come quase nada, dando o restante da mesa para os cães, o que é um tremendo desrespeito ali, Gérádia e os servos detestam olhar aquilo.
      O mago Crisfri traz o livro de luz que Gerádia beija a capa, Débora se nega, decidindo por beijar a um dos cães.
      - Vamos, diga logo gerádia.   
      - Só acho que deveríamos nos ver mais e......
      - Bobagens, com certeza ficou sabendo de algo e quer ter certeza do que lhe fora dito.
      - Como?
      - Sim, estou inclinada a assinar um contrato e formar a quarta aliança.
      - Não seja tola, sabe muito bem que Camille e as outras não vão te aceitar do jeito que espera.
      - Eu sei, sei muito bem.
      - E então.......
      - O que faço é tão ruim para ti assim, Gerádia, se esqueceu do que não fez por mim há tempos atrás?
      - O que diz?
      - Quando meus pais faleceram, você surgiu como uma nevasca, detruiu tudo, acabou com as plantações, as criações, tudo.
      - Só fiz o que tinha de ser feito.
      - Mentira, sua mentirosa, você só queria a riqueza, o tesouro de família.
      Débora começa a chorar, Gerádia rapidamente manda as servas sairem dali, deixando a mesa de lanche, Crifri fica porém senta ao longe.
      - Não é hora para termos essa conversa.
      - Você não manda em mim, rainha do lixo.
      - Me respeite.
      - Vá para o inferno, sua porca suja, tenho nojo de você, nojo.
      - Chega, não vou falar com você nessas condições.
      - Você é perversa, se faz de boazinha, graças, sua filha não te puxou em nada disso.
      - Pare de falar de Alice.
      - Ela sabe, sabe que foi gerada em meio a um adultério de uma cortesã vagabunda e um bêbado de poucas qualidades apesar de ser o rei na época?
      Gerádia perde o controle e dá um tapa em Débora que revida deixando ao mesmo nível, Crisfri se levanta, Débora sai dali mais antes cospe no chão.
      - Quero ver as moscas festejarem neste lugar, que estes teus servos lhe tire tudo que tem, assim como tirou o meu futuro, minha vida.
      - Vai embora, sua víbora.
      - Olha só quem diz, te vejo no inferno.
      Débora sai no trenó, logo as servas retornam e tira a mesa, iniciam a limpeza, Gerádia ali largada ao choro e raiva, chuta as bandeijas e joga copos de bronze na parede, Crisfri a controla levando para o quarto.
      Edgar surge de trás das colunas, observa o estrago e faz um bilhete, sai dali para sua sala de onde coloca o bilhete num falcão que voa para as minas.
      Ali no quarto, Gerádia é medicada com chás, pílulas fabricadas por Crisfri que faz a mulher relaxar e acaba por adormecer.
      O mago sai dali seguindo para seu laboratório, ali vários aprendizes e outros classes um de magia fazem o trabalho e realizam pesquisas em ervas e poções, sempre seguindo os ensinamentos de Crisfri.
      Jedilson entra no laboratório trazendo documentos e arquivos de épocas distantes.
      - Trouxe tudo?
      - Quase, a maioria já fora corrompido por traças.
      - Temos que encontrar o salvo por aqui.
      - E se não estiver?
      - Ai sim, implore a luz, por que essa guerra já perdida para a gente.
      - Não vai ser.
      - Tomara.


                             18042020........



Biografia:
amo ler e muito mais escrever, sou assim
Número de vezes que este texto foi lido: 471


Outros títulos do mesmo autor

Contos CÁSSIO 10 NOVEL IND 17 ANOS ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 9 IND 18 ANOS NOVEL ricardo fogaça
Contos UM CARA ASSIM, INESPERADO 18 ANOS LGBT ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 8 NOVEL 17 ANOS IND ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 7 NOVEL 17 ANOS IND ricardo fogaça
Crônicas O PRESIDENTE COM COVID ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 6 NOVEL IND 17 ANOS ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 5 NOVEL IND 17 ANOS ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 4 NOVEL IND 17 ANOS ricardo fogaça
Contos CÁSSIO 3 NOVEL IND 17 ANOS ricardo fogaça

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 74.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66831 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55351 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43844 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 43592 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43468 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 41133 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41023 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 40354 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39497 Visitas
Lamento - FERNANDO 39397 Visitas

Páginas: Próxima Última