Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
"Mas longe esteja de mim gloriar-me"
Patrícia

“Porque nem ainda esses mesmos que se circuncidam guardam a lei, mas querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne.” Gálatas 6.13

A Carta aos Gálatas foi escrita em tensão. Paulo desabafa aos irmãos: ensinei-lhes a verdade, mas vocês deixaram meu ensino para seguir mentiras.
Além de dar explicações sobre a autenticidade de seu chamado, Paulo precisou combater o falso evangelho. O ensino paulino deixou clara a necessidade e suficiência da fé em Jesus Cristo para a salvação, pois somente pela graça mediante a fé se obtém a vida eterna. Nada mais. As obras da lei que ele mesmo seguiu e defendeu violentamente antes de converter-se a Cristo são colocadas em seu devido lugar. Ninguém pode salvar-se por suas práticas, suas boas ações e seu zelo corporal. O texto mostra o autor em abatimento, tristeza, mas convicto da sua fé e ensinamentos.
Falsos mestres direcionaram os gálatas para o afastamento do evangelho de Cristo, exigindo obras da antiga lei, abalando os gálatas, conforme Gálatas 1.6-7: “Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.” Paulo escreveu a carta para apagar esse incêndio na igreja: as obras da carne exigidas pela lei não justificam o ser humano. Em Gálatas 2.16 está escrito: “Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada.”
Em Lucas 12.1 nosso Senhor Jesus Cristo diz: “Acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia.” Ao término do texto aos gálatas Paulo alertou o povo de que os mesmos que faziam exigência da circuncisão não obedeciam as obras da lei. Queriam apenas aparentar religiosidade. Os discípulos de Cristo foram alertados para tomarem cuidado com a hipocrisia. O fingimento religioso e a aparência de piedade não justificam o ser humano e são desmascaradas pelo Deus onisciente. Em Gálatas 6.14 está escrito: “Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.” Assim como Paulo gloriava-se na cruz de Cristo, a crucificação que nos reconciliou com o Pai e nos arrancou da morte eterna, devemos nos gloriar nessa perfeita obra redentora. A glória pertence a Cristo e Sua obra maravilhosa, jamais a nós e nossas obras imperfeitas. Somente pertence a cristo!


Biografia:
Sou cristã, escritora e curitibana. Formada em Letras, com diversos cursos teológicos. Vamos trocar ideias e aproveitar as palavras para expressar as maravilhas da vida.
Número de vezes que este texto foi lido: 27976


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios "Mas longe esteja de mim gloriar-me" Patrícia
Ensaios O que é vaidade? Patrícia
Ensaios A sabedoria do conselho Patrícia
Ensaios Perseverança ou teimosia Patrícia
Ensaios Firme fé Patrícia
Ensaios Pilatos e a imparcialidade Patrícia
Ensaios Deus e o fogo do sofrimento Patrícia
Ensaios As aflições e o suicídio Patrícia
Ensaios Diga não e vença! Patrícia
Ensaios Ser fraco é ser forte! Patrícia

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 43.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 35952 Visitas
Amores! - 29544 Visitas
Desabafo - 29403 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 29060 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 29010 Visitas
Faça alguém feliz - 28854 Visitas
Vivo com.. - 28738 Visitas
viramundo vai a frança - 28561 Visitas
MENINA - 28535 Visitas
eu sei quem sou - 28511 Visitas

Páginas: Próxima Última