Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
SERES VIVOS EM OUTROS MUNDOS
SERES VIVOS EM OUTROS MUNDOS
Henrique Pompilio de Araujo

Resumo:
Não sabemos se existe alguém encarnado em outros mundos, se existe não temos nenhuma prova ainda. Um dia, quem sabe, teremos sérias notícias de outros encarnados em outros mundos.

SERES VIVOS EM OUTROS MUNDOS
     Não há uma única prova concreta de que existe alguém encarnado em outra parte do Universo. Daí a dúvida dos cientistas da terra. Será que existe alguém encarnado no universo além de nós? Por que não há um sinal qualquer, nem que seja por sons, ruídos, fotos.
     Deus, que fez o universo tão perfeito, por que não permite que seres encarnados em outros planetas entrem em contato uns com os outros, se todos nós somos irmãos?
     Uma coisa é certa. As distâncias existentes entre um planeta e outro são imensas. Imagine entre outros sistemas solares.
     Não é errado então que interroguemos: somos os únicos no universo?
     Há muito tempo os cientistas da terra vem trabalhando para conseguir algum contato. Há vários telescópios no mundo inteiro, sondas espaciais, antenas diversas esperando há anos e nenhum sinal. Tudo o que existe por aí não passa ainda de especulações. Há uma verdadeira onda nos bastidores da Internet falando sobre ETs e mundos diferentes, mas as provas existentes são muito fracas e a incredulidade passa a ser muito grande.
     Mas se nós olharmos bem para o firmamento em uma noite límpida e sem nuvens, vendo bilhões de corpos brilhantes no céu, então não vamos ter dúvida de que não estamos realmente sós neste universo. Não é possível que Deus tenha criado bilhões de corpos celestes e apenas a mísera terra habitada.
     Os grandes sábios da antiguidade já afirmavam que a terra não seria o único planeta habitado.
     Orfeu, poeta e músico, afirmava que Deus havia construído uma terra imensa para os homens da lua chamada de Celene onde havia grande número de habitações, montanhas e cidades.
     Aristóteles, filósofo Grego, discutia sobre a pluralidade dos mundos habitados, com sérios debates com outras escolas que negavam o fato.
     Pitágoras, outro filósofo grego, afirmava que todos os corpos celestes eram habitados.
     Ptolomeu e Lucrécio afirmavam que o universo visível não era o único.
     Plotino dizia que talvez já existíssemos antes que existisse esta criação em uníssono com o todo.
     Ptolomeu, baseado nos dados das escrituras, dizia que a terra era o centro do sistema planetário. Foi um grande estudioso das leis universais, mas confundiu-se com os textos bíblicos. Esta crença durou 1350 anos e muita gente que dizia o contrário foi apenada. Por fim Nicolau Copérnico conseguiu provar que a terra não era o centro, e sim o sol era o centro.
     Mas não sabemos nada do que se passa em outros mundos. Vemos uma onda muito grande sobre os ETs e muitos especuladores mostram fotos de ETs com formatos diversos. O mais incrível é que a maioria destes ETs apresentados, se apresentam com um formato bem rudimentar, alguns até mesmo com cascos, escamas, cores berrantes. Não dá ainda para acreditar nestas teorias.
     Uma coisa é certa. Na terra todos os povos possuem alguma diversificação. Assim temos raças diferentes e que não há ainda uma explicação adequada. Se fôssemos originários de um tronco só, não haveria tantas divergências. Estas divergências se dão pela estatura, pelo formato do rosto, pela linguagem, pela cor da pele, o modo de agir.
     Entretanto a cor da pele é o que mais traz alguma dúvida entre nós. Será que viemos de um único tronco? Temos três raças bem distintas na terra: a raça negra, a raça branca e a amarela. Daí acreditarmos que somos provenientes de troncos diferentes, mas não temos como provar nada. Se somos diferentes, uma só raça, provavelmente era daqui mesmo da terra e as outras duas vieram de mundos externos. Aqui houve a miscigenação e acabou no que somos agora.
     Algumas teorias afirmam que os homens são originários da constelação de Capela. O planeta tinha avançado muito no campo da intelectualidade e da moral e alguns rebeldes estavam atrapalhando aquela população. Então eles foram expulsos para um planeta inferior. Ora, o planeta mais inferior daqueles tempos era a Terra. Então vieram para cá. Acontece que na terra já existia gente. Eles foram para o Egito e reencarnaram naquele povo. O Egito era ainda bastante atrasado, mas com a vinda deles, a região desenvolveu-se rapidamente. Foram eles que nos trouxeram grande parte do que temos agora: um sistema educacional, fabricação de ferramentas e jóias, vestuário, domesticação de animais, construção civil e naval, armas, sistema de lazer, de comércio, etc. Praticamente tudo o que temos hoje em dia. Não houve outros povos a trabalharem bem com ouro como eles. Construíram fabulosas pirâmides que até hoje ninguém sabe o segredo.
     As diferenças culturais existentes de um povo a outro é muito grande. Alguns povos antigos desenvolveram coisas espetaculares. Assim temos os egípcios, os gregos, os Incas, os Maias, os romanos e outros povos. Supõe-se que realmente alguém penetrou nestas civilizações e deu um grande impulso. Mas quem?
     Há uma teoria de que no interior da Terra existe um mundo diferente. Um mundo muito mais avançado que o nosso. Criaram verdadeiras cidades intraterrestres. Mas como ninguém conseguiu descobrir a entrada para este mundo ainda? Alguns dizem que ficam em grandes montanhas, outros dizem que ficam no fundo do mar.
     O livro “Civilizações Intraterrenas” de Ramatis fala das grandes cidades que existem embaixo da terra. Entre elas: Letha (Embaixo da serra do Roncador, MT), Okay (Chapada Diamantina, BA), Stelta (Domingos Martins, ES), Luz e Amor e Odim(Região da Amazônia), Shambala (Ásia), Zimbala (Ásia), Lunthi(Rio Grande do Sul), Toorã (Minas Geras e Centro Oeste).


Biografia:
Henrique Pompilio de Araújo, nascido em Campo Mourão PR e radicado em Cuiabá MT. Começou a escrever desde cedo. Professor aposentado, bacharel em Direito e Teologia. Trabalhou em diversas escolas em Cuiabá e alguns jornais do Estado. Publicou sua primeira obra em 1977: Secos & Molhados - Poemas. Ultimamente publicou outros livros: "Flores do Além" Poemas, "Contos da Espiritualidade" - Contos, "Nas curvas da vida" Memórias, "Cinquenta contos" Contos. Há muitas obras ainda esperando edição.
Número de vezes que este texto foi lido: 511


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios SERES VIVOS EM OUTROS MUNDOS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios COMO PROVAR A EXISTÊNCIA DE DEUS Henrique Pompilio de Araujo
Contos JOÃO TORTO Henrique Pompilio de Araujo


Publicações de número 1 até 3 de um total de 3.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 182584 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 146704 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 146191 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128154 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67233 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 64090 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 58310 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 57563 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57294 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53381 Visitas

Páginas: Próxima Última