Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
XII - O genioso fidalgo Dom Quixote da Mancha
Vivaldo e Marcela
Carlos Alê

Resumo:
XII - Décimo segundo episódio que trata do que Dom Quixote falou aos cabreiros sobre Dulcinéia e de como salvou uma donzela em apuros.


Um cabreiro que comia
um pedaço de morcela
perguntou a Dom Quixote
se ele tinha uma donzela
por quem era apaixonado
e qual era o nome dela

D. Quixote interessado
em continuar a prosa
ao cabreiro apresentou
uma resposta pomposa:
- Dulcinéia de Toboso
é minha dama formosa

- A sua grande beleza
tão repleta de primores
prova serem verdadeiras
as palavras e as cores
de tudo que foi criado
por poetas e pintores

- Nem Helena de Esparta
nem a modelo Frinéia,
Vênus, Laura, Beatriz,
Simonetta ou Galatéia
eu considero mais belas
que a minha Dulcinéia

- A sua nobre linhagem
que a virtude sublinha
no futuro certamente
vai levá-la a ser rainha
promovendo sua estirpe
pra maior ventura minha

- O território espanhol
na sua total vasteza
nunca viu e nem verá
dama de maior nobreza,
elegância, distinção,
pulcritude e fineza...

Nos cabreiros o velhote
foi deixando a impressão
de sujeito amargurado
no revés duma paixão
sendo este o motivo
de perder sua razão

Com toda certeza eles
tiveram como respaldo
para pensarem assim
a história de Vivaldo
que estava concluída
com um desditoso saldo

Quixote ficou sabendo
que a pastora Marcela
tinha deixado o rapaz
cego de amor por ela
não querendo aceitar
o descaso da donzela:

- Vieram nos avisar
que o jovem abalado
com a tal desilusão
tinha se desesperado
e naquela madrugada
estava sendo velado

- Não havia uma razão
pra ter sido rejeitado
Era o melhor partido
no florente povoado
sendo formoso no porte
e bastante abastado

- Uns dizem que a paixão
do rapaz foi desmedida
outros que a mão da moça
tinha sido prometida
e somente esperava
ver a promessa cumprida

- Marcela também provinha
de família endinheirada
Por um tio que era padre
em clausura foi criada
Mas ela por casamento
nunca foi interessada

- Certo dia esta moça
causando grande surpresa
dispensando totalmente
os afagos da riqueza
e contrariando todos
decidiu ser camponesa

- E todos puderam ver
a beleza de Marcela
que desfilando no campo
a perfeição da donzela
deixou os ricos e pobres
querendo casar com ela

- E a camponesa sabe
que em toda redondeza
estão os apaixonados
por sua grande beleza
mas pedido de casório
ela nega com firmeza

- Como aqui é muito raro
uma jovem sem marido
estão todos esperando
que ela aceite um pedido
e mantendo a esperança
de ser o seu escolhido

- Nem a sina de Vivaldo
não serviu de ensinamento
para esses pretendentes
que ficam todo momento
externando por Marcela
suas queixas e tormento

- Se a maioria deles
numa tola presunção
para oferecer a ela
tem somente a paixão
este nunca foi o caso
do fidalgo em questão

- Se amanhã o senhor
assistir ao funeral
saberá quantos amigos
em consternação geral
estarão com a família
na despedida final

E depois de terem eles
a conversa encerrado
por um dos cabreiros foi
Dom Quixote convidado
a poupar-se do sereno
e dormir sob telhado

Como era a sua praxe
passou toda a madrugada
sem tirar do pensamento
a lembrança da amada
que nem os apaixonados
da história relatada

Prosseguindo a pesquisa
no Arquivo Nacional
encontrei em documentos
copioso material
com relatos de Quixote
presente no funeral:

A família de Vivaldo
no enterro reunida
junto dos amigos dele
lamentando a despedida
recebia condolências
na cerimônia devida

Perguntaram a Quixote
que fantasia era aquela
e o motivo de estar
com a lança e a rodela
como se fosse soldado
na função de sentinela

- Como cavaleiro andante
preciso estar equipado
para defender as terras
por onde tenho passado
É dever do cavaleiro
estar sempre preparado

Por dizer aquelas coisas
e apresentar-se armado
quem estava no velório
pranteando o finado
percebeu que D. Quixote
era um louco arrematado

Pela morte de Vivaldo
muitos culpavam Marcela
mas havia outro grupo
dos que defendiam ela
quando a dita apareceu
no alto duma penela

Grande contrariedade
ou fascínio e surpresa
provocou o surgimento
da singela camponesa
que abrigada na penha
disse em sua defesa:

- Eu não vim ao funeral
pra causar constrangimento
mas muitos estão dizendo
que enjeitando o casamento
com meu amigo Vivaldo
provoquei seu passamento

- Esperam que eu me case
devido a minha beleza
despertar forte paixão
nos homens da redondeza
mas a escolha que fiz
foi ser uma camponesa

- E se o jovem Vivaldo
viu em mim só a beldade
é sinal que não tivemos
a mais fraca afinidade
e não podem me culpar
por sua imaturidade

- A mulher cuja beleza
deixa os homens cativos
e com isso envaidece
o que faz é dar motivos
pra pensarem que só tem
nada mais que atrativos

- Sem escolha recebi
o favor da natureza
mas com minha formação
sempre tive a certeza
que eu tenho muito mais
do que a fugaz beleza

- Há solteiras como eu
que são igualmente belas
mas ninguém será forçado
a casar com uma delas
tendo apenas por critério
a beleza das donzelas

- A ninguém eu seduzi
ou dei falsa esperança
que ser uma camponesa
é meu sonho de criança
nunca tendo interesse
em viver na abastança

- Recusando a fidalguia
com suas ocas rotinas
meu anseio é somente
andejar pelas campinas
sendo livre e ditosa
entre cabras e cravinas

- Alguém de vocês aqui
tomaria por cordura
obrigar uma mulher
a viver só na clausura
pretextando por motivo
sua grande formosura?

- Alguém de vocês aqui
teria por coisa certa
querer ver uma mulher
completamente coberta
pretextando por motivo
o ardor que ela desperta?

- Declarando que eu sou
responsável por meus atos
fiz aqui minha defesa
de acordo com os fatos
esperando que já tenha
convencido aos sensatos

Terminando seu discurso
a pastora retirou-se
Dispensando a resposta
a camponesa virou-se
e na mata atrás de si
novamente embrenhou-se

Ainda mais fascinados
pela graça de Marcela
e pelo resplandecer
da inteligência dela
alguns quiseram sair
no encalço da donzela

Vendo eles intentando
ir atrás da camponesa
D. Quixote vigilante
agiu com muita presteza
pois sacando a espada
gritou em sua defesa:

- Terá que passar por mim
quem quiser seguir Marcela
Uma das minhas funções
é socorrer a donzela
que esteja em perigo
como agora eu vejo ela

- Inspirando ser mulher
de conduta continente
o que Marcela falou
foi mais que suficiente
para demonstrar a todos
o quanto está inocente

Calculando ser Quixote
um maluco violento
todos os apaixonados
desistiram do intento
de seguir a causadora
do seu apaixonamento

Como o funeral seguiu
sem ter outro incidente
ao depois dar pesares
a cada amigo e parente
Dom Quixote retirou-se
do meio daquela gente

Número de vezes que este texto foi lido: 185


Outros títulos do mesmo autor

Cordel XII - O genioso fidalgo Dom Quixote da Mancha Carlos Alê
Cordel XI - O genioso fidalgo Dom Quixote da Mancha Carlos Alê
Poesias V I I I - O genioso fidalgo Dom Quixote da Mancha Carlos Alê
Cordel O batente de pau do casarão Carlos Alê
Poesias I I - O genioso fidalgo Dom Quixote da Mancha Carlos Alê
Cordel I - O genioso fidalgo Dom Quixote da Mancha Carlos Alê
Cordel O fracasso da causa e a causa do fracasso Carlos Alê
Cordel A BELEZA DAS FLORES Carlos Alê
Poesias ABSTRAÇÕES ALEATÓRIAS Carlos Alê
Cordel A trágica história de Romeu Montéquio e Julieta Capuleto Carlos Alê


Publicações de número 1 até 10 de um total de 10.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 185698 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 164401 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 163893 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 130810 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 117927 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 81140 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 69977 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 65204 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 60536 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 55917 Visitas

Páginas: Próxima Última