Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Dia do professor
Esse não é o valor que o professor deve ter
Claubi Castro

Resumo:
O cordel em si fala sobre a discriminação de alunos contra o mestre.

Iniciando esses versos
Lendo a todo vapor
Preste bastante atenção
Lhe pedimos por favor
Para todos nós sabermos
A VIDA DE UM PROFESSOR

Para o aluno; o professor,
Sempre é inadequado
Quando ele é muito jovem
É bastante criticado,
Pois professor tem "Direitos"
E deve ser respeitado!

Se o Mestre está velho
Já ficou ultrapassado
Quando não tem automóvel
É chamado de coitado
Quando tem, “barriga cheia” 
Chega a ser discriminado.

Se não falta à Escola
Chamam até de 'Azalado'
Quando precisa faltar
De “turista” é nomeado
Pois na vida, o professor
Sempre é observado.

Quando o professor estar
Com um aluno conversando
Dizem que é seu preferido
E que estar lhe adulando
Porém, ele estar
Simplesmente ajudando!

Se Ele passa muito DV
Não tem dó do estudante
Quando dá pouca matéria
Nunca faz, é um farsante
E a vida do professor
Fica bastante estressante.

Se ele fala em voz alta
É porque vive gritando
Se fala em tom normal
Ninguém tá o escutando
E essa bela profissão
Se transforma em desengano

Quando brinca com a turma
É metido a engraçado
Se não brinca é ruim
É cara-de-pau, é chato
Por isso, o professor
Sempre, sempre, está errado.

Se ele chama à atenção
É ignorante ou grosso
Se Não chama à atenção
Molenga com medo, frouxo
E a vida do professor
Torna-se um grande alvoroço.

Se faz uma prova longa
Não dá tempo responder
Se a prova é muito curta
Tira as chances de aprender
E a cabeça do educando
Ninguém consegue entender.

Quando ele escreve muito
A matéria não explica
Se explica muito, o aluno
Não escreve, não pratica
O caderno não tem nada
Alguém logo o critica.

Falando corretamente
Ninguém lhe entende nada
Fala a língua do aluno
Sua fala é rejeitada
Pois não tem vocabulário
Sua aula é desprezada.

Quando faz um elogio
Está sendo debochado
Se não elogia é besta
Idiota ou desastrado
Quando exige é machão
Teimoso, mal-humorado.

Para o pai do seu aluno
Quando o filho é aprovado
É gênio, é competente
Seu valor é declamado
Mas se não passar de ano
O professor é culpado.

O aluno é reprovado
Foi uma perseguição
O aluno é aprovado
“Deu mole” é um bobão
E assim o professor
Segue a sua profissão.

Desse jeito o professor
Está sempre, sempre errado
Mas se você conseguiu
Ouvi o que foi falado
Agradeça a seu mestre
Ele deve ser honrado.

Ser professor é paixão
Amor e dedicação
É ser do aluno um pai
Um amigo, um irmão
Se você é professor
Parabéns, pela missão.


Biografia:
Nascido em Ocara interior do Ceará em 27 07 2002. claubi Castro iniciou sua carreira em cordel aos 8 anos e atualmente anda com a fama em muitas cidades do estado.
Número de vezes que este texto foi lido: 27878


Outros títulos do mesmo autor

Cordel Dia do professor Claubi Castro
Cordel Festa das Almas Claubi Castro


Publicações de número 1 até 2 de um total de 2.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 29598 Visitas
Amores! - 28211 Visitas
Desabafo - 28192 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 28107 Visitas
Faça alguém feliz - 28066 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 28058 Visitas
aliens - alfredo jose dias 28043 Visitas
christine - alfredo jose dias 28016 Visitas
Vivo com.. - 28013 Visitas
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 28007 Visitas

Páginas: Próxima Última