Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Olhar de criança...
Jaeder Wiler

Resumo:
Um mundo de magia invisível.

Olhar de criança...
O dia cansado de sua jornada começa a pedir socorro para que o entardecer traga rapidamente á noite. É um espetáculo sem igual da natureza, o dourado do sol cedendo espaço para a prateada lua que já dá sinais lá no horizonte.

Num movimento de vai e vêm as pipas com suas compridas rabiolas ao contrário não demonstram nenhum cansaço, por elas e seus criadores, as crianças, ficariam dançando perto das nuvens eternamente.
Percebe-se uma ou outra desgovernada. Significa que perderam a batalha pelos proibidos cortantes. E é assim que os meninos, depois de cumprir as tarefas passadas pelos adultos, passam o dia.
Não há idade definida. Há garotos de todas as idades, até mesmo adultos desempregados que se juntam a esses acrobatas nos finais de semana para não perder o hábito e a arte de empinar e relaxar.

Na parte de baixo do morro, onde o asfalto não engoliu toda a grama: duas dúzias de bois, incluindo as vacas pastam. Quem usa a trilha abrem caminho entre os bovinos, demonstrando medo algum.
Cavalos e mulas puxando carroças também disputam à longa avenida daquele pequeno canto da cidade. Os prédios em tom cinzas, construídos lado a lado são coloridos pelos rabiscos misteriosos de anônimos jovens.
Os pequeninos brincam do que podem. Boneca para as meninas e bola para os meninos. No campo de cimento rústico a partida corre arrancando suor e desejo de vitória por horas a fio. Vejo um duende invisível para a maioria, rezando para que ninguém caia. Se isso acontecer: a parte do corpo que tocar o solo vai virar um queijo suíço. É só imaginar o ralador como o predador do queijo.
Aqui a chuva e a noite tem algo em comum, todos correm para os jogos eletrônicos ou para a televisão. Parabólicas resistem ao vento e as ventanias, apesar de que vez ou outra o técnico ser chamado.
O dia amanhece e da parte alta da cidade as pipas coloridas espalham sua beleza sobre os pequenos edifícios quase urbanos.
Não acredito que as crianças olhem para a cor cinza do cimento, ou se preocupem com a quadra também de cimento.
Nem mesmo o inconveniente urubu atrapalha o festival de felicidade que paira no ar.
Aliás, os que moram perto do córrego que corre a céu aberto levando parte do esgoto, local preferido dessas aves praticam uma brincadeira de adulto - tiro ao alvo, claro que com pedras...
Latidos de cães e miados de gato se confundem com uma briga que desponta. Corro para o local e vejo que não é propriamente uma briga, mas um campo de batalha para pegar uma pipa cortada que esta preste a pousar na casa murada e guardada por cães. Um guerreiro pequeno me deixa perplexo. Numa fração de segundos em que os outros competidores atraem a atenção dos cães, ele numa velocidade espantosa pula o muro e sai com seu troféu, ligeiramente avariado. Há um código entre eles. Naquele momento a disputa cessa. E ele levanta a pipa colorida com as mãos sobre a cabeça, e sai correndo para em sua casa consertar as avarias, e amanhã, novamente empinar essa pipa representante de seus íntimos sonhos bem pertinho das nuvens...


Biografia:
Nascido em Mantena, MG, escrevo por que gosto, sem nenhuma pretensão, apenas escrevo...
Número de vezes que este texto foi lido: 27


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Dona cegonha, por favor! Jaeder Wiler
Poesias Marias que iluminam as noites Jaeder Wiler
Crônicas Andarilho Jaeder Wiler
Poesias Que idade você tem? Jaeder Wiler
Poesias Quando você apareceu Jaeder Wiler
Poesias O balanço... Jaeder Wiler
Poesias O barquinho azul Jaeder Wiler
Poesias Quem é você Jaeder Wiler
Crônicas Filosofando... Jaeder Wiler
Contos Olhar de criança... Jaeder Wiler

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 37.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66130 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55124 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43690 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43303 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42903 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40832 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39624 Visitas
Amores! - 38111 Visitas
Desabafo - 37363 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 36233 Visitas

Páginas: Próxima Última