Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Historia deum amor platônico.
parte 2
C.Santos.

Fiquei tão surpresa que nao reagi como ele esperava talvez.
Com certeza ele estava com medo da. minha reação.Eu amei mas fiwuei sem reacao,mas mesmo assi me propus a ir com ele pegar o ônibus.
Sí veio o destino me passando a perna. O amor bandido apareceu e recuei teve uma situaçao que nao vou comentar nesse moment.
Enfim Deixei ele ir embora sozinho. Na formatura esperei que ele aparecesse para me. explicar,ele não foi. Não tinha como procura-lo.Tambem fiquei commedo de sua reação. Eu tinha 18 ele 23.A vida. seguiu, o amorbandido sentindo que tiha algo estranho, mudou de tatica.se fez de cordeiro,casei tive filhos ele casou anos depois,tb teve filhos .Nos encontramos poucas vezes ,mas muito cordialmente,até por que eu pensava que o destino tinha encaminhado tudo bem!Ledo engano,2 decadas depois,mais ou menos, o castelo começou a desmoronar,comecei de novo a sofrer,até adoeci,e de nada adiantava tanto sofrimento. Até que comecei a ver que o meu marido nunca tinha mudado! Aí quando me dei conta disso,desisti. Foi aí que do nada ele o amigo o amorque nao acoonteceu no passado, apareceu.
Uma noite de feriadao de maio.Após um jogo do Fluminense. Ele atravessava um rua com a mulher,chegava calçada,e ao olhar pra frente me encontrou.
Foi uma coisa inexplicavel que eu nunca tinha sentido antes!! Aquele olhar foi como um furacão,na hora esqueci do meu marido, esqueci daquela mulher.Uns poucos segundos que pareceu uma eternidade.Tudo ficou parado em nossa volta.So tinha eu e ele.Uma coisa muito loca.De um olhar tomando o outro pra si.Uma explosão ,senti um calor ,senti uma força.Parecia que estava dançando um tango com ele,que ele me tomava pra si, me dominava me arrebatava.Foi um furacão em segundos.
Não nos cumprimentamos,Ele provavelmente por estar " alto" se sentindo mal e por eu estar com meu marido e eu também por estar com meu marido ,por covardia!
depois disso passei a escrever,escrever,fazer poesias,tudo retratando este momento e este amor.Nuncanos beijamos na boca,Nunca ele disse Te amo ,nem eu.Mas tenho certeza do que vi naquele olhar e também o que sinto. 35 anos depois daquela declaraçãoeu estou aqui,apaixonada,rezando pra me dar vida e a ele pra nos encontrarmos para sermos felizes!!
Ele transformou minha vida com um olhar apaixonado,32 anos depois do nosso desencontro.Eu C.S ele F.A.S. Ele tem sobre nome de gringo.Qdo o destino vai ser legal conosco?! Acrefitem u olhar faz milagre.

Número de vezes que este texto foi lido: 462


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Madrugada C.Santos.
Cartas Historia deum amor platônico. C.Santos.
Cartas Historia de um amor platônico. C.Santos.
Poesias Declaração 1 C.Santos.
Poesias Incoerente. C.Santos.
Cartas Por que escrevo C.Santos.
Poesias Beija flor do amor C.Santos.
Poesias Sabor sensações e imaginação C.Santos.
Poesias Desencontro C.Santos.
Poesias Pensamentos C.Santos.

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 15.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 182367 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 144622 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 144203 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 127991 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67082 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 63412 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 57737 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57122 Visitas
Entenda de uma vez por todas o Hino Nacional - Fabbio Cortez 56976 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53250 Visitas

Páginas: Próxima Última