Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
UMA COISA QUE MUITO ME INCOMODA: A FRIEZA
Alexsandre Soares de Lima



Ele só é apenas mais um... Mais um que não se importa com a dor alheia! Que acha normal a violência... E ele registra tudo com o seu telefone móvel. Ele tem uma alma imóvel, parece pedra!... Não sabe se colocar no lugar do outro. Ele faz parte de uma geração fria, dos nossos dias. Ele mora em uma rua de bastante movimento. Presenciou muitos atropelamentos, vítimas de assalto... Ele só faz registrar, seu prazer é captar a " melhor" imagem.
Certo dia, viu uma ambulante, uma mulher ser espancada. Correu para fazer a filmagem com o seu telefone. Ficou próximo da triste cena, pertinho... E registrou a dor. Ele perto da dor, longe do amor... Com sua alma fria a registrar e colocar em sua mente que a sensação do momento é registrar. A maldade parece que é um troféu!... Aqueles registros em seu telefone, aquelas filmagens parecem o " OSCAR" . E... onde está o amor nisso tudo? Cadê a atitude de chamar a polícia, chamar a ambulância, socorrer a vítima, tentar livrá-la dos agressores...?
Cadê a atitude? Não existe. Porque fazer registro da dor dos outros com um aparelho, filmando... Isto é falta de atitude, isto é aplaudir a dor. E... Será que é assim mesmo?! Será?! Esta geração é a geração do ponto de interrogação. Pra onde é que iremos caminhar? Eu só sei que eu não sigo este caminho. O melhor é seguir o caminho contrário, é fazer a diferença. Isto é o que se chama amor! Não se colocar junto dos demais, que acham tudo normal, e que são estáticos. Só ficam a vagar pelo mundo registrando o mal, fingindo viver, esquecendo da dor do outro e fazendo o registro das aflições.
Mais um que apanhou! Apanhou, apanhou... Um homem pobre, morador de favela, negro... Ao sair de supermercado, seguranças o espancam até à morte. E lá está um outro inconsequente ( Que tem a mesma alma fria dos seguranças) a tudo registrar... Sem nada fazer! Só filmando a dor, os gritos, o horror... Ninguém faz mais nada! Só com a mão no celular e... Da dor do próximo faz um espetáculo. Infelizmente... Triste geração!

( Autor: Poeta Alexsandre Soares de Lima)


Biografia:
Eu me chamo Alexsandre Soares de Lima, nasci em Meriti, no Rio de Janeiro no dia 22 de abril de 1976. Sou o poeta que fala da importância de viver na luz do amor. Sou autor de dois livros de poesias, o primeiro lançado em 1996 ( ENGRENAGEM) e o segundo lançado em 2005 ( COM O OLHAR FIXO NA ALMA ). Escrevo diariamente poesias na minha página do Facebook ( POETA ALEXSANDRE SOARES DE LIMA ), já publiquei em diversos jornais e revistas. Tenho canal no YouTube, se chama POEMAS DO OLHAR FIXO NA ALMA, em cada vídeo eu crio na hora poesias sobre amor, amizade, solidariedade e fé em Deus. Meu lema é VAMOS ESPALHAR O PERFUME DO AMOR E DA POESIA PELO MUNDO!
Número de vezes que este texto foi lido: 60


Outros títulos do mesmo autor

Poesias DE PARTIDA Alexsandre Soares de Lima
Poesias FIM DO PESADELO Alexsandre Soares de Lima
Poesias A MINHA RELAÇÃO COM O ERRO Alexsandre Soares de Lima
Poesias O AMOR ME DÁ O PODER Alexsandre Soares de Lima
Poesias POSSO LEVAR A MINHA VIDA SOZINHO Alexsandre Soares de Lima
Poesias CESSOU O DESENCANTO Alexsandre Soares de Lima
Poesias A FINALIDADE DO NAMORO Alexsandre Soares de Lima
Poesias ESTÁ CLARO EM NOSSO OLHAR Alexsandre Soares de Lima
Poesias PARAR DE ME ENGANAR Alexsandre Soares de Lima
Poesias O AMOR DESVENDA A NOITE Alexsandre Soares de Lima

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 2123.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 48365 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 42624 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 41839 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 40771 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 40416 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 40120 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 39988 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 39948 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 39759 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 39721 Visitas

Páginas: Próxima Última