Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Debate e deporrada
Rafael da Silva Claro

A CNN Brasil veio para ser quase mais do mesmo, uma GloboNews de grife internacional. A emissora chega para dar abrigo à enorme quantidade de militantes que se formam nas universidades e desembocam em redações enviesadas. As redações são facilmente confundidas com diretórios acadêmicos apinhados de psolistas por todos os lados. E, para piorar, o Jornalismo ensina a “mudar a sociedade” e não a reportar os fatos.

No entanto, na CNN, o quadro O Grande Debate vem sendo o grande diferencial e sucesso do canal. O sucesso aconteceu porque o debate é o que ele tem que ser: a exposição e defesa de ideias antagônicas acerca do tema proposto. A novidade é a presença de um debatedor de viés conservador, ou simplesmente de direita.

Acomodada ao “papo de comadres”, a imprensa está assombrada com um “estranho no ninho” chamado Caio Coppolla. Cheio de argumentos e sabendo concatenar suas ideias, Caio pega no contrapé esquerdistas mal acostumados a repetir chavões, estatísticas enviesadas e fontes suspeitíssimas. A bolha, para onde falavam, estourou, resultado: por ter seus argumentos refutados, caírem em descrédito e não suportarem o contraditório, saíram Gabriela Prioli, Augusto de Arruda Botelho e Marcelo Feller. Os três correram para as redes sociais (dar uma justificativa para o que resta da bolha) e descarregaram suas mágoas. Nunca fez tanto sentido dizer “fugiram do debate”.

Atualmente, Caio debate com Bruno Salles. Até agora, Bruno debate de maneira justa, não lançando mão de argumentos que não se sustentam, ilações repetidas por notórios adversários do Governo e o que encerra qualquer discussão, o argumentum ad hominem (quando se ataca quem fala, não refutando o conteúdo do que foi dito). Pior, a explanação lógica de Coppolla era, muitas vezes, contestada, quando caía a pose e a fala ensaiada, com grunhidos, interrupções e chiliques.

Creio que Caio Coppolla não será tolerado por muito tempo na CNN Brasil. Apesar de trazer muita audiência e repercussão para o quadro, ele está em ambiente inóspito e território inimigo. Não só vencendo os debates (a meu ver), mas eliminando seus oponentes, como no Big Brother Brasil, o representante da “nova direita” é temido.

Por enquanto, O Grande Debate, enquanto não se apequenar, é imperdível.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 33834


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios Eis o malandro na praça outra vez Rafael da Silva Claro
Crônicas São Paulo 467 - “Non ducor, duco” * Rafael da Silva Claro
Ensaios O Novo Normal Rafael da Silva Claro
Ensaios Guia Politicamente Incorreto da Pandemia Rafael da Silva Claro
Ensaios Na pressão Rafael da Silva Claro
Ensaios Nadando de braçada Rafael da Silva Claro
Ensaios Dois Papas Rafael da Silva Claro
Ensaios O Clarividente Rafael da Silva Claro
Ensaios Polícia e ladrão Rafael da Silva Claro
Crônicas Retrospectiva 2020 Rafael da Silva Claro

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 86.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 56349 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 46847 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 44290 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 43207 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 42607 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 42489 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 42411 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 42079 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 42016 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 41995 Visitas

Páginas: Próxima Última