Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ALMA PALÁVRICA
Flora Fernweh

Cuidado com tudo que é capaz de ser grafado,
pois é lá que o oculto habita.
Nas palavras escondem-se os grandes segredos do mundo,
os misteriosos sussurros da vida,
as sublimes lembranças juvenis
e as delicadas sementes da emoção.
As paixões seriam inatingíveis sem os resquícios literários
a eternidade que se esconde entre as páginas,
consegue ser maior que o infinito fora delas.
Desconheço aquilo que não pode ser empalavrado,
a fonte humana que jorra os registros sempre foi e será a angústia
eis o vômito escarlate e pontiagudo do cruel que tudo inspira.
Escreva-me agora o que não achares descritível,
assim, verás que nada passa despercebido pelas letras
Mas essas letras que tanto me refugiam,
despem-se de toda formalidade que carregam
quando um significado paira sobre sua gramática reta,
e num sopro, a tinta negra que mancha o papel,
passa a ser luz do dia de uma carta inacabada,
a caneta formosa que dança no fundo branco
passa a ser uma arma atroz que tudo engole
e as almas sedentas por profundidade,
passam a ser corações ardentes no oceano
que separa a terra de sua ilha.
Vive entre os livros quem descobre o poder
emanado da força vital humana,
e encontra o reflexo de seus olhos infantis
na teia que espelha o retrato do sempre.
Já entre a escrita, não se vive,
apenas se abriga temporariamente sobre seu paradoxo radiante,
posto que escrever não é vida, mas sim o sonho fosco e flamejante.







Biografia:
instagram: @palavrartistica
Número de vezes que este texto foi lido: 137


Outros títulos do mesmo autor

Poesias TRISTE ESCRITA Flora Fernweh
Artigos O QUE SIGNIFICA SER EMPÁTICO HOJE? Flora Fernweh
Poesias VIDA Flora Fernweh
Poesias QUARENTENA Flora Fernweh
Artigos ESPETACULARIZAÇÃO DA SOCIEDADE BRASILEIRA Flora Fernweh
Crônicas SER POETA Flora Fernweh
Poesias COVID Flora Fernweh
Frases ANTIGUIDADE Flora Fernweh
Artigos IDENTIDADE NEGRA Flora Fernweh
Cartas AO COLEGA DA CASA VERDE (O ALIENISTA- MACHADO DE ASSIS) Flora Fernweh

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 102.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 64567 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 54327 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43176 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 42754 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 40828 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40249 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 37791 Visitas
Amores! - 36049 Visitas
Desabafo - 35445 Visitas
Faça alguém feliz - 33857 Visitas

Páginas: Próxima Última